O livro negro do comunismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 680 (169756 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Stéphane Courtois e outros - O Livro Negro do Comunismo - Crimes, Terror e Repressão – by PapaiNoel

O LIVRO NEGRO DO COMUNISMO
Crimes, terror e repressão
JEAN-LOUIS PANNÉ, ANDRZEJ PACZKOWSKI, KAREL BARTOSEK, JEAN-LOUIS MARGOLIN
com a colaboração de Remi Kauffer, Pierre Rigoulot, Pascal Fontaine, Yves Santamaria e Sylvain Boulouque
Tradução CAIO MEIRA
BERTRAND BRASIL
Título original: Lêlivre noirdu communisme Obra publicada sob a direção de Charles Ronsac Capa: Raul
Fernandes Editoração: Art Line 1999
Impresso no Brasil
Printed in Brazil
CIP-Brasil. Catalogação-na-fonte
Sindicato Nacional dos Editores de Livros, RJ
L762 O livro negro do comunismo: crimes, terror e repressão / Stéphane
Courtois... [et ai.]; com a colaboração de Remi Kauffér... [et ai.]; tradução CaioMeira. - Rio de Janeiro:
Bertrand Brasil, 1999. 924p., [32] p. de estampas: il.
Tradução de: Lê livre noir du communisme ISBN 85-286-0732-1
1. Comunismo - História - Século XX. 2. Perseguição política. 3. Terrorismo. I. Courtois, Stéphane, 1947-.
CDD - 320.299-1236
CDU-321.
Todos os direitos reservados pela:
BCD UNIÃO DE EDITORAS S.A.
Av. Rio Branco, 99 - 20° andar - Centro
20040-004 - Rio deJaneiro - RJ
Tel: (OXX21) 263-2082 Fax: (OXX21) 263-6112
Não é permitida a reprodução total ou parcial desta obra, por quaisquer meios, sem a prévia autorização por
escrito da Editora.
Atendemos pelo Reembolso Postal.
Contracapa e orelha:
Outubro de 1917: o golpe de estado bolchevique significou bem mais do que a queda do czarismo e a subida
ao poder de um grupo de políticos idealistas. Arevolução liderada por Lenin tornou-se o ícone que representaria o
começo de uma nova era para a humanidade, anunciando uma sociedade mais justa e um homem mais consciente de
sua relação com seu semelhante.
Novembro de 1989: a queda do Muro de Berlim e a conseqüente abertura dos arquivos dos países comunistas
apareceram para o mundo como a derrocada final do sonho comunista.
O LIVRO NEGRO DOCOMUNISMO traz a público o saldo estarrecedor de mais de sete décadas de
história de regimes comunistas: massacres em larga escala, deportações de populações inteiras para regiões sem a
mínima condição de sobrevivência, expurgos assassinos liquidando o menor esboço de oposição, fome e miséria
provocadas que dizimaram indistintamente milhões de pessoas, enfim, a aniquilação de homens, mulheres,crianças,
soldados, camponeses, religiosos, presos políticos e todos aqueles que, pelas mais diversas razões, se encontraram no
caminho de implantação do que, paradoxalmente, nascera como promessa de redenção e esperança.
Os autores, historiadores que permanecem ou estiveram ligados à esquerda, não hesitam em usar a palavra
genocídio, pois foram cerca de 100 milhões de mortos! Esse númeroassustador ultrapassa amplamente, por exemplo, o
número de vítimas do nazismo e até mesmo o das duas guerras mundiais somadas. Genocídio, holocausto, portanto,
confirmado pelos vários relatos de sobreviventes e, principalmente, pelas revelações dos arquivos hoje acessíveis.
O terror - o Terror Vermelho - foi o principal instrumento utilizado por comunistas tanto para a tomada do
poder quanto para asua manutenção, e também por grupos de oposição que jamais chegaram ao governo. Os fatos
demonstram: o terrorismo de oposição e o terrorismo de Estado, com freqüência praticados contra o seu próprio povo,
são as grandes características do comunismo no século XX.

2

Stéphane Courtois e outros - O Livro Negro do Comunismo - Crimes, Terror e Repressão – by PapaiNoel

Obstinados,pragmáticos, carismáticos, os líderes comunistas, que guiariam o mundo a seu destino inelutável,
têm revelada a sua face sombria: Lenin, Stalin, Mao Zedong, Pol Pot, Ho Chi Minh, Fidel Castro e muitos outros
tornam-se os responsáveis diretos pelas atrocidades cometidas em nome do ideal comunista. Sob seus olhares zelosos,
os "obstáculos" - qualquer homem, cidade ou povo - foram sendo exterminados com...
tracking img