O julgamento de capitu

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 16 (3888 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 8 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO
Analisar a traição de Capitu com base nas afirmações subjetivas de Bentinho é tarefa árdua, pois a primeira leitura da obra nos faz crer que ele realmente é vitima de uma mulher adultera e um amigo inescrupuloso.
Já uma leitura direcionada e à luz do Direito, prioriza a veracidade dos fatos e provas reais, uma vez que o adultério na legislação vigente não é considerado crime.
Estabreve análise aguçou os sentidos investigativos dos envolvidos, e nos fez questionar se Capitu traiu ou foi traída, mas este é outro objeto de pesquisa, que fará um complemento ao agora apresentado.



BENTINHO
Cresci ao lado de uma linda jovem, desde a mais tenra idade desejei tê-la ao meu lado, a princípio sem a malícia da adolescência , como a eterna amiga, com o passar dos anos e oaflorar dos hormônios , almejei torna-la minha esposa, seu jeito jovial, seu caráter forte e determinado, fizeram-me amá-la com toda força do meu coração, porém o compromisso firmada por minha santa mãe, quase impossibilitou a realização desse desejo. Foram anos de felicidade ao lado de minha amada esposa, até que “ um lance da fortuna fez separar para sempre duas criaturas que prometiam ficar pormuito tempo unidas...” observando atentamente o comportamento de minha amada, principalmente em relação a um de nossos queridos amigos, “ ...Capitu olhou alguns instantes para o cadáver tão fixa, tão apaixonadamente fixa...”, nesse momento a luz da desconfiança acendeu, senti-me incivilmente traído, pois nunca observei tal olhar voltado para minha pessoa. Como “Casmurro” que sou pensei muito antesde assumir-me traído pela mulher que tanto amei, o casamento é uma instituição sagrada , e vivemos numa época em que o adultério é visto como uma invasão destruidora do amor lascivo no universo estável do amor conjugal. Além de ser um ataque ao direito masculino sobre o corpo de sua esposa. Sendo conhecedor do Direito, sei que tal acusação só pode ser realizada pelo cônjuge e que tal fato expõenão só o casal, mas também a outra parte envolvida, sobre tudo a memória de um amigo. Se acreditei ou desconfiei durante algum tempo ter sido vítima de uma traição e não expus meu descontentamento, acabo sendo conivente com tal ato.
Art. 252. A accusação deste crime não será permittida á pessoa, que não seja marido, ou mulher; e estes mesmos não terão direito de accusar, se em algum tempotiverem consentido no adulterio.
Art. 253. A accusação por adulterio deverá ser intentada conjunctamente contra a mulher, e o homem, com quem ella tiver commettido o crime, se fôr vivo; e um não poderá ser condemnado sem o outro. "
A passagem do amigo Escobar impede-me de acusa-lo de traidor, mas a adultera está viva e ela merece pagar pelo mal que hoje, me faz passar. Vivamos então essa vergonhajuntos, até que morte nos separe.

CAPITU

Engraçado, dediquei minha vida inteira a amar um homem, que nem sequer sabe quem é, ou tem domínio de seus sentimentos, desejos, amores...
Fui a sombra de um “fracote”.
Hoje questiono-me: tornou-se “Casmurro” ou sempre o foi? Ou ainda, ser “Casmurro” é uma maneira de fazer aquilo que fez bem a vida inteira, ou seja não encarar a vida e osproblemas de frente? Esse homem nunca me amou, na verdade ele usou-me para realizar todos os seus sonhos e objetivos, para fugir o compromisso com o seminário e a promessa da mãe. Usou-me para esconder-se de suas fragilidades... vivemos numa época em que o casamento é sagrado e a violação do mesmo por uma das partes pode privar a liberdade de um dos cônjuges, sobretudo se for mulher, não tem lei queproteja a mulher, já nasci culpada, julgada e condenada... “olhos de ressaca”, “ cigana oblíqua”..., dediquei minha juventude, minha alegria, meu amor incondicional e em troca, o que recebo? Desconfiança? Acusações? Sou o que Bentinho me permitiu ser, “uma cigana oblíqua” hoje passeio pelo mundo, sem a presença das pessoas que mais amo, prisioneira de situação que nunca vivi, que só existe na...
tracking img