O individuo e o grupo na organização

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 28 (6876 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O Indivíduo e o Grupo na Organização I
Compreendendo os Grupos de Trabalho
Breve histórico da formação dos grupos
Historicamente o homem primitivo, ainda com postura animal, era andarilho e não tinha moradia fixa. Inicialmente dotado de baixa resistência, que só viria a se fortalecer graças às proteínas da carne, sobrevivia até os 20 anos de idade. Seus meios de subsistência eram a caça e apesca. O homem só passaria a viver de modo gregário ao perceber que, em grupo, ficaria mais protegido dos animais, da neve, das tempestades. Uniu-se aos outros, portanto, pela necessidade de sobrevivência e não pelo vínculo afetivo. E, a partir daí, passou também a destruir outros grupos. Nesse momento histórico, ocorreu a divisão biológica do trabalho. Com a descoberta do fogo e o desenvolvimentode instrumentos caseiros, à mulher atribuiu-se o cuidado com a alimentação. Ao homem coube a responsabilidade pela caça e por todas as atividades que exigissem força física. Quando a população dos grupos aumentou, o homem tornou-se sedentário, passando a domesticar animais e a se comunicar através da linguagem falada, que dará início à sociedade, com normas e valores próprios. Os grupostransformaram-se em tribos, sempre lideradas por um chefe que atuava como juiz centralizador e mantenedor do grupo, promovendo o equilíbrio da comunidade. Com um perfil psicológico que conjugava as características do sacerdote, já que era o encarregado de entrar em contato com a espiritualidade, e do médico, uma vez que curava males físicos com chás, oferendas e rituais, esse chefe também determinava quaispessoas estavam fora daquele contexto social, diagnosticando os comportamentos considerados “desviantes”. Na verdade, eram pessoas fora do contexto social que apresentavam patologias psíquicas (SILVA, 1998).

71

O processo da socialização humana e a formação de grupos
O processo de socialização primária ocorre no âmbito da família, o grupo necessário para garantir a sobrevivência física epsíquica do ser humano. Tal grupo é regido por normas, leis e costumes, que definem os direitos e deveres de seus membros. Inserida nesse contexto, a criança aprende através da grupalidade a se socializar com os seus cuidadores. A criança “entra” no mundo a partir da aquisição da linguagem. É na família que adquire a linguagem e passa a se comunicar com os outros, entendendo a si própria e dandosignificado a seus sentimentos. Na fase pré-linguística, os instintos são livres e o inconsciente prepondera. Mas, para poder entrar em contato com o mundo externo e viver em sociedade, a criança necessita do princípio de realidade. O ser humano é socializado durante toda a sua vida. E, com as inovações tecnológicas, os meios de comunicação de massa, que se destinam a informar, divulgar os fatos docotidiano de interesse da coletividade e propiciar lazer, também passam a atuar como agentes socializadores. Na fase adulta, já com a personalidade formada, o ser humano ingressa no processo de socialização secundária, em que convive com inúmeros grupos distintos, como os grupos do trabalho, da religião, do clube, da vizinhança, da faculdade etc. Aqui, a ação dos agentes de socialização é maissuperficial que na socialização primária. No decorrer do processo de desenvolvimento, a aprendizagem social do ser humano ocorre em múltiplos contextos, caracterizados por mecanismos institucionalizados que visam facilitar-lhe a aquisição de habilidades, disposições e valores específicos. Por meio da socialização secundária, o homem passa a vivenciar um processo grupal, construindo uma rede deinter-relações. Todo grupo social possui uma história, estruturada segundo determinadas normas, que podem ser alteradas com o surgimento de novas regras ou a revisão de antigas. Dependendo do nível de controle exercido pelo grupo, pode haver punições aos transgressores, tanto quanto a solidariedade pode se erigir como fator de manutenção grupal. É possível também emergir conflitos por causa da...
tracking img