O impacto dos novos inventos na indústria e no quotidiano

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (440 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
O impacto dos novos inventos na indústria e no quotidiano

- Uma vaga de invenções

Na segunda metade do séc. XIX, a curiosidade científica e a necessidade de encontrar soluções para algunsproblemas, levaram à descoberta de novos inventos e produtos.




A indústria química desenvolveu produtos de grande aplicação na:

- Ligas metálicas (alumínio)
- Farmacologia (aspirina)
-Agricultura (adubos)
- Têxteis e na tinturaria (fibras e tintas sintéticas…)



A era do vapor estava a chegar ao fim. Despontava uma nova era energética: a da electricidade e do petróleo.Carro eléctrico
Elevador
Fogão a gás
Máquina de lavar
Frigorífico
Bicicleta
Aspirador



- Tornaram mais fácil e confortável a vida doméstica equotidiana, principalmente nas cidades.







* As viagens ficaram bastante facilitadas, mais baratas e rápidas.

* Nas cidades, o desejo de usufruir dos novos bens deconsumo e lazer faz surgir espaços de diversão como o cinematógrafo, locais para a prática de desporto, teatros e cafés.





O realismo e a crítica à sociedade burguesa


Durante o séc.XIX destacam-se dois movimentos culturais: o romantismo e o realismo.

O romantismo apareceu na primeira metade do século e enaltecia os valores tradicionais, os sentimentos, as emoções e aliberdade criativa.










Na segunda metade do século, surgem artistas que, descrevem a miséria da classe operária, criticam e denunciam os costumes da classe burguesa, fundando umnovo estilo - o realismo.




Realismo - movimento literário e artístico caracterizado pela representação objectiva da realidade.

Os mais importantes escritores do realismo foram:

-França: Zola e Balzac
- Rússia: Dostoievsky e Tolstoi
- Inglaterra: Dickens
- Portugal: Eça de Queirós, Ramalho Ortigão e Antero de Quental

* Na pintura e na escultura evidenciam-se Courbet,...
tracking img