O homem e o iluminismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1701 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO
Escola de Comunicação – Comunicação Social – EC3
Comunicação e Filosofia– Professor Henrique Antoun

O Homem e o Iluminismo

As correntes do iluminismo

O grande desenvolvimento de ideais ditos revolucionários compreendeu o período entre os séculos XVII e XVIII, tendo como seu principal centro, a França. Passado o início do fenômeno, ele começou ase dispersar pela Europa, alcançando países como Rússia, Espanha, Itália e até mesmo colônias inglesas na América. Assim como desenvolvido para diversos lugares, o Iluminismo tratou de se espraiar para várias esferas do conhecimento, dentre elas a política, a religião, a economia e a sociedade. E foi em algumas delas que o Iluminismo gerou correntes de conhecimento e análise.
O primeiro trabalhoque irá suscitar outros e divulgar a idéia do que era o Iluminismo será a Enciclopédia. Foi uma obra publicada entre 1751 e 1780, contando com 34 volumes. Dirigida por João D’Alembert e Diderot, Voltaire, Rousseau, entre outros que colaboraram com as premissas iluministas. A vulgarização destas idéias não acontecerá somente na França, mas também em países estrangeiros.
Os pensadores iluministasque se ocuparam de questões econômicas, por exemplo, deram origem a duas grandes correntes de pensamento. A primeira delas foi a fisiocracia, que obteve grande circulação nos fins do século XVIII e foi considerada como a primeira escola de economia científica. Uma outra teoria mais amplamente desenvolvida foi o “liberalismo”, que teve como principal precursor Adam Smith, traz como característicaso papel reduzido do Estado na economia e o livre mercado é o conjunto de interações humanas sobre os recursos escassos sem ser restrito pela imposição política de interesses que até hoje influencia fundamentos do pensamento econômico contemporâneo. 
No condizente a questão religiosa, o Iluminismo apresenta-se extremamente hostil, sendo sugerido o esmagamento da religião. As perspectivas são deadmissão de uma religião de cunho natural com a crença em Deus e a consideração da imortalidade da alma e em medidas repressivas para manutenção da ordem moral, principalmente, e ainda, o próprio ateísmo e hedonismo, como correntes alternativas à religião, principalmente a católica.
Nas esferas social e política, os pontos principais do iluminismo, houve a manifestação de duas frentes: odespotismo iluminado ou esclarecido, movida por um absolutismo racional, ou seja: acompanhada de ideais de progresso, reformas e até mesmo filantropia. Outras características como de exaltação do Estado e do soberano permaneciam, mas a mudança nas perspectivas traçavam uma esperança de um governo socialmente mais justo. Desta forma, pretendia alcançar o bem dos povos e da humanidade.
A outra tendênciaderiva do liberalismo constitucional, fundada por John Locke. Segundo o teórico, seria resumidamente o Estado submetido à um contrato, onde é depositado no povo uma confiança sem precedentes, aqui lendo-se povo como principalmente a burguesia. Ele também dividiu os poderes em dois: Legislativo e Executivo. Esses poderes são necessários para garantir a validade da lei e a ausência de tirania.
Osiluminismos regionais

O iluminismo se expressou em diferentes regiões da Europa. Embora a ideologia de domínio do poder da razão prevalecesse, o movimento apresentou algumas características individuas em cada país.
O iluminismo alemão, ou esclarecimento (Aufklärung), teve como maior destaque o filósofo Immanuel Kant (1724-1804). Para ele a filosofia deveria responder a quatro questõesfundamentais: O que posso saber? Como devo agir? O que posso esperar? O que é o ser humano? Kant baseia seu exame na visão critica da razão, onde desenvolve duas formas básicas do ato de conhecer, o conhecimento empírico (a posteriori) e o conhecimento puro (a priori), para assim chegar ao conhecimento humano. A Alemanha apresentou como traços distintos do iluminismo francês, o interesse pelo estudo da...
tracking img