O homem que não vendeu sua alma

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (376 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
O homem que não vendeu a sua alma

Filme histórico e clássico, que conta a trajetória de THOMAS MORUS, católico fervoroso que se mantinha fiel a sua crença religiosa, mesmo quando esta fé podia lhecustar a vida. Havia um homem chamado Henrique VIII, que na sua ânsia de se casar com Ana Bolena, se decide divorciar de Catarina de Aragão, mesmos sabendo que a lei não admitia o divórcio e, contudoa mulher não podia lhe dar filhos. THOMAS MORUS, homem conceituado extremamente sábio considerado um mártir, pois tinha valores que só DEUS poderia dar ao homem. Sábio, chegando a ser chanceler dorei, THOMAS MORUS, recusa-se a homologar a decisão por ele tomada, discordando com seu pedido de divórcio. Dividido entre sua consciência e suas obrigações com o rei, Thomas decide mesmo com o passardo tempo e permanecer calado com aquele assunto; e não vendeu a sua palavra por causa de um cargo, e assim provocou a ira do rei. O resultado é uma batalha de poderes, repleta de intrigas no palácio,grandes manobras políticas e o destino do homem da Igreja chega ao fim. O corrupto rei Henrique VIII, obriga-o a aprovar seu divórcio com sua esposa e a realizar o seu casamento com Ana Bolena.THOMAS MORUS arrependido de muitos pecados, adorava o DEUS altíssimo e pela Palavra de DEUS se rendeu ao céu. Preferiu ir a corte para entregar seu cargo e assim viver como homem natural. Foi levado ajulgamento, foi punido e levado a morte. Trazendo para nossos dias, esse episódio no cumprimento da lei e dos profetas. Mateus -16 v.25 diz: “Porquanto quem quiser salvar a sua alma perdê-la a; e quemperder a sua vida por minha causa achala-á, pois aproveitará o homem se ganhar o mundo o inteiro e perder a sua alma.” Com certeza THOMAS MORUS, tinha esse conhecimento bíblico e estava sendoincomodado com falcatruas do rei e por força de um sistema corrupto era cúmplice de situações que poderia levá-lo ao inferno. Na realidade THOMAS, sabia; está escrito em Mateus – 16 v.27: “Porque o...
tracking img