O homem que confundiu sua mulher com um chapéu

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (251 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
O homem que confundiu sua mulher com um chapéu
Dr. P. era um músico excelente, cantava e leciona numa faculdade. Os primeiros problemas apareceram comseus alunos. Às vezes, não reconhecia seus alunos somente vendo-os, mas estes tinham que se pronunciar em voz alta. Incidentes como estes foram se repetindo.O músico também estava confundindo hidrantes e parquímetros com crianças. A situação foi ficando embaraçosa, mas ele pensava não ser nada sério, pois suacapacidade musical estava intacta.
Três anos mais tarde se manifestou o diabetes no Dr. P e com medo de alguma sequela foi ao oftalmologista. Este apósrigoroso exame constatou não haver problemas com a visão, mas indicou que procurasse um neurologista. O musico marcou uma consulta com o Dr. Sacks.
A primeiravista o neurologista percebeu algo estranho na maneira como o Dr. P o encarava, parecia não ver o todo - seu rosto. O autor descreve que o homem pareciater uma falha na interação entre olhar e expressão. Descarta a demência, pois o músico se mostrava culto, simpático, falava bem e com fluência, imaginação ehumor. Pleno de suas faculdades mentais.
Dr. Sacks faz o exame neurológico – força muscular, coordenação, reflexos, tono. Percebe que os reflexos do ladoesquerdo eram ligeiramente anormais. Quando confundiu seu pé com o sapato, o médico ficou confuso: seria erro, brincadeira ou patológico. No exame seguinte,a observação de uma figura, o neurologista constatou que o musico via somente detalhes que lhe chamavam a atenção, nunca como uma imagem completa, o todo.
tracking img