O grande mentecapto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 222 (55260 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
9157 O Grande Mentecapto
Relato das aventuras e desventuras de Geraldo Viramundo e de suas
inenarráveis peregrinações
Fernando Sabino
A mui nobre, distinta e formosa
senhora dos meus afetos
Dona Lygia Marina de Sá leitão Pires de Moraes
De cujos encantos meu coração é cativo e a cujo estímulo deve esta obra o ter
chegado a seu termo, dedico, ofereço e consagro.CAPÍTULO I
De como Geraldo Viramundo, tendo nascido em Rio Acima, foi parar no
seminário de Mariana, depois de virar homem, levado por um padre que um dia
passou por lá.
O VERDADEIRO nome de Geraldo Viramundo, embora ele afirmasse ser
José Geraldo Peres da Nóbrega e Silva, era realmente Geraldo Boaventura, e assim
está lançado no livro de nascimentos em Rio Acima. Seu pai, um português,tinha
vindo para o Brasil em 189***, na primeira leva de imigrantes que sucedeu ao
decreto de nova política imigratória da República recém-proclamada, e se casou no
Rio com uma italiana naquele mesmo ano. Como ele foi acabar morando em Rio
Acima, só Deus sabe.
Boaventura tinha junto à estrada sua casinhola, à frente da qual duas portas
se abriam para o pomposamente chamado "Armazém Boaventura -Secos e
Molhados", não mais que uma venda, de cujos proventos vivia a família toda - e
eram treze filhos.
Geraldo vinha a ser o caçula. Quando nasceu, o pai, temendo a crise que se
sucedeu então à Guerra Mundial, cujas conseqüências poderiam chegar até Rio
Acima, adotou nova política com relação a dona Nina, sua mulher. Ou, mais
precisamente, com relação às suas relações: deixou de fornicarcom ela até que as
coisas melhorassem. Já não era pouco ter de cuidar de treze meninos, que iam
crescendo moleques de beira de estrada.
A estrada de Belo Horizonte passava na sua porta. Com o correr do tempo
ela ia derrotando como fonte de renda a cidadezinha, onde logo se fez sentir a
esmagadora concorrência de um grande empório aberto por uns italianos já donos
da olaria. Mas a estrada eratambém a maior fonte de preocupação do casal. Nada
direi com relação aos outros filhos, senão na medida em que participaram mais
diretamente da infância de Geraldo, que é de quem cuida a nossa história. Este, tão
logo se fez gente e capaz de equilibrar-se nas próprias perninhas, começou a trazer
os pais em constante preocupação por causa da estrada. Construída junto a uma
simples picada (opai não tinha ainda seu negocinho, e trabalhava na olaria), a
casinha acabou ficando com a estrada à sua porta. Por um triz os engenheiros com
seus traçados e mapas não levaram de cambulhada com árvores, pedras e
barrancos a morada do Boaventura. (Corria em Rio Acima que ele viera para o
sertão de Minas com a mulher, fugindo das autoridades imigratórias que queriam
mandá-los de volta; outrosdiziam que ele fugia era da justiça, por causa de um
crime, cometido ainda a bordo. Mas tudo isso não passava de conjectura, e
nenhuma importância tem para o nosso relato). De tal maneira ficou sendo a estrada
parte integrante da casa, que a filharada do casal cresceu toda no meio dela. Um
dos filhos, dizem que quase nasceu na estrada, quando dona Nina, já no nono mês,
sucumbiu ao peso de umfeixe de lenha; outro, contudo, o mais velho, é certo que foi
gerado ali, exatamente junto à curva, quando nem casa nem estrada havia. No
princípio só passavam por ela carros de boi e outras vagarosas viaturas de tração
animal, que de longe se avistavam, dando sinal de alarme e pedindo passagem.
Mas logo começaram a trafegar os primeiros automóveis, e os meninos fugiam como
galinhas, paravoltar em seguida. Às vezes um carro se detinha e, sob o olhar de
curiosidade da meninada, os viajantes pediam água, ou compravam qualquer coisa
e seguiam, levantando poeira.
Apesar da estrada, que ele já apanhou bastante mais movimentada e
atraente, a infância de Geraldo Viramundo transcorreu como a de seus irmãos.
Como seus irmãos ele comeu terra, botou lombrigas, arrebentou cupim para ver...
tracking img