O futuro da humanidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1473 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Diante dos problemas ambientais, que ameaçam manutenção da vida humana, em algum momento poderíamos nos questionar se vamos sobreviver a elas ou se vamos sucumbir, vítimas de nossa própria imprudência e negligência para com a nossa própria casa. Antes de prosseguir, é preciso esclarecer alguns aspectos importantes.
Primeiro, o que está em jogo não é a sobrevivência do planeta e sim da própriahumanidade. A Terra já passou por períodos de extinções em massa desde o surgimento da vida, onde a extinção mais severa foi há 251 milhões de anos, matando 83% de todos os gêneros de espécies existentes até então. Entretanto, os poucos sobreviventes conseguiram se reerguer, diversificar e repovoarem novamente o planeta, mesmo que com flora e fauna diferentes do cenário anterior. Através de algunsexemplos, podemos ter uma noção da força e capacidade de adaptação a mudanças que a vida pode ter: um exemplo fantástico são algumas formas de vida que desenvolveram habilidades para sobreviver em ambientes onde os níveis de radiação são letais a maioria dos outros seres vivos. Além deste, podem-se citar outros exemplos igualmente surpreendentes, como os camelos, animais que conseguem sobrevivervários dias sem água ou ainda de aves que vivem em águas com elevado nível de acidez.
A natureza pode muito bem viver sem nós, provavelmente até melhor. Nós seres humanos é que somos altamente dependentes dos recursos naturais, embora nos esqueçamos facilmente disso, encerrados no mundo artificial e confortável que criamos. Sempre que se cria algo que nos traz algum conforto, logo nos acostumamos(pelo menos quem pode ter acesso, o que definitivamente não são todos) e algum tempo depois, não sabemos “como” viver sem ele. Mesmo que claramente seja algo supérfluo, mesmo que haja um alto custo energético para construí-lo, mesmo que este ameace a sobrevivência de ecossistemas inteiros... isso não importa, desde que não atinja diretamente a nós, encerrados no mundo artificial em que criamos paranos isolar do mundo (e dos outros). Entretanto, um simples apagão é suficiente para instaurar o caos e derrubar o nosso ego. Eventos como este são importantes para percebermos que o nosso conforto tem um preço e que, dependemos da natureza para o usufruirmos e algum recurso natural está sendo usado (ou explorado) para isso.
Outro aspecto importante é que não se pode falar em degradação por partedo homem de modo homogêneo. Há povos que estabelecem relações pouco impactantes ao meio ambiente, tal como mostrou o Cacique Seattle no seu famoso pronunciamento em defesa do meio ambiente e do modo de vida do povo Suquamish. O estilo de vida ocidental hoje difundido pelo mundo, por sua vez, tem em sua essência algumas características que o tornaram danoso à natureza e outras culturas. Desde o seusurgimento na Europa, age como um rolo compressor, destruindo outras concepções de natureza por onde quer que se instale. As denominações variaram de acordo com características peculiares e com a época, tais com colonialismo, neocolonialismo, imperialismo e outros, mas apresenta o mesmo princípio da dominação dos outros homens e da natureza.
O grande paradoxo da civilização atual é que, na buscade recursos para garantir a própria sobrevivência, o homem está eliminando as próprias possibilidades de vida. Se antes preocupou-se em se isolar da natureza para se proteger dos perigos que ela apresentava, agora muitos estão preocupados em isolar áreas ambientais estratégicas para protegê-las da ameaça humana. Estamos passando por um período crítico que exige profunda reflexão, pois não dá paracontinuar consumindo do modo como estamos fazendo sem sofrer duras consequências, que na pior das hipóteses, pode inviabilizar a sobrevivência humana na Terra. Ou continuamos nesta busca desenfreada e louca (ou suicida) pelo crescimento até as últimas consequências ou teremos que tomar medidas rápidas e enérgicas para proteger o meio ambiente, com transformações substanciais no nosso estilo de...
tracking img