O fetichismo da mercadoria

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (272 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O Fetichismo da mercadoria

O trabalho, principal atividade do homem, não é visto nas mercadorias quando olhamos para ela. Apesar das pessoas não perceberemo principal processo para produzir a mercadoria foi o trabalho humano logo o preço final dela deve variar de acordo com o mesmo, mas na realidade não é assim queocorre. Karl Max explica que todo produto deviria ter seu valor baseado no trabalho que foi utilizá-lo para produzir porem o sistema capitalista não conseguemensurar o valor disso então o valor do produto se torna irreal e infundado, para Marx isso era o fetichismo da mercadoria.
Um produto, fruto do trabalho humano,ganha vida a partir do momento que seu valor não é mais mensurado pelo trabalho em produzi-lo e sim pelo mercado capitalista. Um fato que acontecefrequentemente e a sociedade não percebe é a adoração dos produtos como se fossem deuses ou como se eles tivessem se auto produzido, algo especial que deixar de serestritamente o humano e passa a ser adoração é uma outra consequência do fetichismo causado pelo sistema capitalista. Diferente do socialismo, no capitalismo não existea necessidade de ver que tudo não passa de trabalho humano. O sistema capitalista lucra muito com esse fato pois os homens que produziram um certo produto nãovai receber o seu salário pelo valor final do produto com isso os lucros são exorbitantes.
O consumismo e o marketing alienante influencia a sociedade aestabelecer relações materiais com os produtos e esquecendo o resto. A necessidade de ter o produto passa da utilidade do mesmo para se tornar um fetiche por compras.
tracking img