O ethos na publicidade governamental

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1348 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O Ethos na Publicidade Governamental

Daniel Dias – RGM: 85396-8
Heitor Marques Garcia – RGM: 94970-1
Noéle Oliver – RGM: 91412-6
Ricardo Correia Marcondes – RGM: 93436-4


Resumo: O texto apresentado tem como finalidade analisar o ethos social em relação ao preconceito contra os aidéticos através da publicidade criada pelo Governo Federal (Ministério da Saúde) que buscou a reflexãocomportamental à conscientização e respeito ao próximo.

Palavras-Chave: AIDS; Ethos; Ética; Preconceito; Publicidade Governamental

São Paulo
2012

Introdução
A busca da diversidade cultural faz criar uma melhor visibilidade sobre a realidade pela sensibilidade aos seus detalhes, tanto no espaço físico quanto ao relacionamento humano, com isso se consegue ver com atenção e valorização aquiloantes não percebido ou negado.
Um destes grandes detalhes são as palavras e o poder de seus significados que fazem construir imagens do mundo e do próprio ser, trazendo assim como consequência atitudes refletidas em ações cotidianas.
Tal reflexão será desenvolvida no texto que tem como objetivo a interligação do conceito Ethos a uma campanha publicitária governamental que buscou em seusdetalhes de construção uma melhor e mais ampla visibilidade pública sobre o preconceito contra os aidéticos.

1. A palavra como imagem
Todo texto possui seu estilo próprio na escrita por dirigir-se a um leitor que fará com que as palavras tenham significados através da interpretação em imagens. Esta imagem então criada é o resultado final de sua compreensão daquilo que foi lido,consequentemente ações e comportamentos apontarão o resultado de sua ação sobre a leitura realizada.
Em nosso mundo contemporâneo cada vez mais as imagens falam por si mesmas, assim aproxima e distancia os contatos diretos com as pessoas, isso por conseguirem expressar um grande número de mensagens em uma mesma, fazendo com que as ligações comunicativas se tornem cada vez mais rápidas dentro de um meio urbanoque exige velocidade e agilidade em suas ações específicas de cada função ou vigilância.
Nesta modernidade o tom da voz, os simples gestos, os sorrisos, uma música, enfim, toda essa imensidão comunicativa é refletida em sua dimensão pelos comportamentos, não por menos, nesta mistura cotidiana de informações imagéticas vemos surgir personalidades afetivas ou contrárias a todo aquele que toma apalavra, por isso “Todo ato de tomar a palavra implica a construção de uma imagem de si. Para tanto, não é necessário que o locutor faça seu auto-retrato, detalhe suas qualidades nem mesmo que fale explicitamente de si.” (AMOSSY, 2005, p.1)

2. A imagem como atitude
O conceito Ethos em si representa o conjunto social-cultural dos costumes de uma determinada população (ou grupo social) quetem uma personalidade própria e definida como sua Identidade, ou seja, “essa noção de ethos compreende não só a dimensão propriamente vocal, mas também ligadas pelas representações coletivas à personagem do enunciador” (MAINGUENEAU,2004,p.98). Então, quando nos referimos a grandes centros urbanos logicamente estamos falando de um espaço único composto por uma complexidade de identidades em imagens.Dentro desta observação podemos ver e sentir o poder existente na transmissão da palavra ao outro ser e na construção de seus sentidos pelas imagens ao receptor, o que faz gerar posturas de ligação ou destruição, portanto, a comunicação tem um papel primordial nesta construção visando um prognóstico de certos resultados, como ainda complementa AMOSSY no início do seu texto ao dizer que“Parece claro que esse interesse crescente pelo ethos está ligado a uma evolução das condições do exercício da palavra publicamente proferida, particularmente com a pressão das mídias audiovisuais e da publicidade. O foco de interesse dos analistas da comunicação se deslocou, das doutrinas e dos aparelhos aos quais relacionavam uma “apresentação de si”, para o “look”. E essa...
tracking img