O estudo do passado através do efeito cinematográfico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3374 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O ESTUDO DO PASSADO ATRAVÉS DO FENÔMENO CINEMATOGRÁFICO: A origem de Picos representada no filme Senhora dos Remédios1
Stéfany Marquis de Barros Silva2
RESUMO: Este trabalho insere-se na relação Cinema-História fazendo do seu objeto de estudo a origem de Picos – Piauí relacionando-a com a ida de tropas picoenses à Guerra dos Balaios e a chegada da imagem de Nossa Senhora dos Remédios à cidaderepresentadas no filme Senhora dos Remédios (2011), dirigido por Flávio Guedes e com roteiro adaptado pelo mesmo. A metodologia desenvolvida para a execução do presente artigo foi a entrevista oral realizada com o diretor do filme e com integrantes das famílias tradicionais de Picos, além da análise documental e pesquisa bibliográfica. PALAVRAS-CHAVE: Cinema-História. Flávio Guedes. Picos. Guerrados Balaios. Senhora dos Remédios.

1. INTRODUÇÃO A escolha deste tema para o artigo foi dada a partir do interesse em trabalhar com cinema e relacioná-lo com a História. Ao iniciar a pesquisa percebi que há poucos documentos históricos sobre a origem da cidade e sobre a participação de picoenses na Guerra dos Balaios, e absolutamente nenhum sobre o filme escolhido como objeto de estudo, segundoJaison Castro Silva (2007): “O cinema é um objeto relativamente pouco explorado pelo historiador”, fatos que me estimularam a prosseguir com o trabalho. Este artigo objetiva fazer uma análise do filme Senhora dos Remédios (2011) trabalhando em cima da origem da cidade de Picos, e de como se deu a participação de tropas picoenses na Balaiada e da trajetória da imagem de Nossa Senhora dos Remédios àcidade e sua importância para a sociedade picoense desde o início. O filme é baseado na obra O auto da chegada de Nossa Senhora dos Remédios a Picos, de Mundica Fontes e Ozildo Albano com roteiro adaptado pelo diretor Flávio Guedes. Este trabalho tem base na teoria da História Cultural que, de acordo com o historiador francês Roger Chartier: “tem por principal objeto identificar o modo como emdiferentes lugares e momentos uma determinada realidade cultural é construída, pensada, dada a ler” (CHARTIER, 1990, p.17). Uma das contribuições de Chartier para a História Cultural está relacionada à elaboração das noções complementares de “práticas”, “representações” e “apropriação”, a construção deste artigo foi feita em cima desses conceitos.
1Artigo produzido para a disciplina de Teoria daHistória I ministrada pela Prof.ª Ms. Marylu Alves de
Oliveira.

2Aluna do II período do curso de Licenciatura Plena em História da Universidade Federal do Piauí –
Campus Senador Helvídeo Nunes de Barros. Picos – PI. E-mail: stefanymarquis@gmail.com

A proposta deste trabalho é usar o cinema como forma de representar o passado, em sua dissertação de Mestrado em História do Brasil ohistoriador Jaison Castro Silva afirma:
Estudar o passado por meio do fenômeno cinematográfico pode, ao focar aspectos e singularidades de uma cultura e sociedade em uma articulação original, resultar em significados históricos de imenso potencial. (SILVA, 2007, p. 14).

A parceria entre Cinema e História envolve várias possibilidades de gerar resultados positivos. O cinema como forma de expressão é umariquíssima fonte para compreender a realidade que o produz, sendo assim promissor para a História como área de conhecimento. E como meio de representação possibilita o historiador a apresentar novas formas de passar conhecimento histórico. A historiografia durante muito tempo negou a legitimidade do filme como documento histórico, apenas a partir dos anos de 1970 com a Escola dos Analles ocorre areformulação dos conceitos e dos métodos de história e surgiu a Nova História, que deu uma nova perspectiva nos estudos históricos contribuindo para o surgimento de diferentes reflexões, trazendo novas formas de abordagem, novos objetos de estudo além da escrita, tais como pinturas, desenhos, e fotografias que antes eram desprezados pela história tradicional e desde então são considerados...
tracking img