O estoicismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (795 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
DENISE CUNHA DE FRANÇA OLEGÁRIO





o estoicismo na era grega







LEITURA SELETIVA
O ESTOICISMO E A INVENÇÃO DA CIÊNCIA DO DIREITO EM ROMA.Leitura Seletiva do texto O Estoicismo e a Invençao da Ciencia do Direito em Roma, apresentado à disciplina de Produção Acadêmica I, do 1º período B, do curso de Direito, da Faculdade DomBosco.

Professor: Rodney Caetano







CURITIBA
Março/2013







[1]LEITURA SELETIVA: O ESTOICISMO E A INVENÇAO DA CIENCIA DO DIREITO EM ROMADenise Cunha de Franca Olegario[2]


1- A Guerra do Peloponeso assinalou o inicio do declínio políticoirreversível dos povos helenicos de toda a Grecia.
2- Absorcao dessas pequenas unidades políticas em uma organização imperial.
3- Ao mesmo tempo as primeiras invasões bárbaras na Europarepresentaram a expansão e consolidação do helenismo.
4- Avanco das ciências exatas com critérios da lógica e da observação empírica.
5- Ao mesmo tempo a busca de uma segura orientação de vidasuscitou,em toda a Grecia , um renovado interesse pelas coisas da religião.Lancamento pelos estóicos das primeiras bases racionais de um saber teológico.
6- O estoicismo insere-se na linhahistórica das filosofias de pacificação da alma.
7- Os diferentes filósofos ligados ao estoicismo exprimiram idéias contraditórias sobre os mesmos temas.
8- A idéia geral do estoicisco e aexaltação da natureza, o contraste com o platonismo. Para os estóicos, a natureza se confunde com a razão.
9- A visão estóica do mundo e essencialmente unitária, não dividido em alma e corpo.10- A inserção do homem na natureza, foram os primeiros na Historia a afirmar o gênero humano.
11- Cícero foi o divulgador dos princípios da ética estóica .
12- Servir o interesse da...
tracking img