O estilo brasileiro de administrar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2003 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O ESTILO BRASILEIRO DE ADMINISTRAR

PENSANDO A CULTURA BRASILEIRA NA GESTÃO EMPRESARIAL

Sabemos que o nosso país como qualquer outro, existem vários povos, de diferentes estilos, religiões, línguas, alimentação, com isso entendemos que a forma de administrar fica muito relacionado ao que o administrador convive no dia a dia, mas lembrando que sempre buscando a interação entre os povos, oadministrador que consegue unir pessoas de diferentes aspectos, é um vencedor, é uma pessoa que realmente entende as culturas de um pais ligando-as e unindo-as. O resultado com certeza irá aparecer naturalmente, pois uma pessoa irá aprender com a outra, isso é o dever de um líder, de um administrador.


UM NOVO MODELO DO SISTEMA DE AÇÃO CULTURAL BRASILEIRO

Entendemos que esse novo modelo poderátar algumas características:> o institucional, conhecido como formal, e o pessoas ou informal, e quem articula esses conjuntos são os lideres e os liderados.
O institucional, o pessoal, o dos líderes e o dos liderados. Os institucionais estão relacionados com os traços culturais que encontramos no espaço da "rua", enquanto os traços típicos do espaço da "casa" compõem o subsistema pessoal. Osubsistema dos líderes faz um corte, reunindo traços encontrados naqueles que detêm o poder, enquanto o subsistema dos liderados abrange os aspectos culturais mais próximos daqueles subordinados ao poder.
Temos momentos que não se portamos de forma impessoal para que colocamos ordem, e atitude, mas tem momentos que devemos se colocar de forma pessoal para analisar a melhor maneira de por a ordemde forma correta e que todos se sintam bem.

É importante perceber que esse conjunto de traços culturais com maior ou menor intensidade, chega até a formar um único conjunto que tem o outro como subconjunto. Temos com isso na cultura um englobamento que envolve critérios impessoais, que trata processos de forma familiar, que um exemplo são as empresas familiares, que hoje são em grande números,e o outro critério são quando os critérios pessoais, entre pessoas, se sobrepõem a critérios formais regulamentados, isso se chama de familiarização, ou seja é o englobamentos de lideres, e liderados, com isso podemos citar em duas classes, quando todos são lideres, o processo fica no sentido de horizontalização, ou seja muitas pessoas são estão no topo, e quando todos são liderados o processo éde verticalização.

DESCRIÇÃO DO MODELO PROPOSTO

Subsistemas dos Líderes

O sistema do lideres, ressalta-se a concentração do poder que lhe é concedido, tem que haver uma personalidade forte, e todo líder possui seu lado mais tranqüilo, que é a partir daí que a nossa cultura ocorre váriosdesdobramentos.

CONCENTRAÇÃO DE PODER

Nos dias atuais o poder é levado muito a sério, pois vivemos em uma cultura baseada na concentração de poder, baseada rigorosamente hierarquia / subordinação, ao contrario dos outros países, que prevalece a igualdade, e é levado muito a serio o principio básico da vida social, a livre expressão, cada pessoa poderá dizer o que esta bom e o que poderá ser mudado.
Opoder que uma pessoa obtém, a leva a uma carga autoritária, com o poder de julgar as pessoas de qualquer parte da sociedade.

PERSONALISMO

Freqüentemente usada para marcar a posição de alguém que está em desvantagem ou mesmo em inferioridade. Quando se "o cidadão vai ter que esperar um pouco", ou "o cidadão não tem todos os documentos em ordem", a personalidade da pessoa esta em risco, pois asua vida social esta em jogo, quanto mais a pessoa mostre sua personalidade para melhorar sua carreira, para ajudar sua empresa a crescer, é muito gratificante.
Quando na sociedade, temos pessoas que tem uma personalidade de ficar quieta em um canto, não expor o que tem de melhor, ficara como altamente negativo para a sociedade, é um ser que em comparação aos demais componentes ficara como um...
tracking img