O estado e as empresas estatais no desenvolvimento econômico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1548 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O estado e as Empresas Estatais no desenvolvimento econômico
O que levou o estado a ter uma participação na economia foi a incapacidade do setor privado em investir. Forçando, portanto, o Estado a intervir através do fomento em empresas estatais. Foi inevitável porque o setor privado era pequeno, existia a necessidade de enfrentar crises econômicas internacionais e havia o desejo de controlar aparticipação do capital para promover a industrialização rápida.
O objetivo era consolidar o sistema capitalista no país.
O estado investia em setores estratégicos como energia, telecomunicações, siderurgia, estradas, extração mineral, petroquímica.
A maior intervenção do Estado na economia brasileira teve como principal objetivo a complementação da ação do setor privado com vistas aodesenvolvimento do país.
Cronologia.
anos pré 1930: mínima intervenção estatal; Com a vinda da coroa fundou-se o BB e se introduziu instrumentos regulatórios como tarifas e incentivos fiscais.
Neste período, os objetivos eram: Expansão da atividade agrícola; Manter contato com o capital estrangeiro; Estabilidade econômica (preço mínimo, controle da produção); Os investimentos do período focaram atividadesportuárias, navegação e saneamento.
Década de 1930: Cresceu a preocupação com a atividade industrial; Intervenção no setor cafeeiro (sustentação de preços); Criação da carteira de crédito do BB em 1937 e empréstimo de longo prazo para estabelecimento de indústrias.
1940 e 1950 – capital estatal, multinacional e privado: Criação da Companhia Siderúrgica Nacional; criação da companhia vale do rio doce;Fábrica nacional de motores; banco nacional de desenvolvimento econômico (BNDE) a fim de modernizar e concretizar o crescimento econômico através da garantia de investimentos em infra; criação da Petrobrás; Plano de metas: investimento em setores de energia/transporte, refino de petróleo.
1960 e 1970 – Período de expansão da participação estatal na economia mundial; As razoes para ampliação dasempresas estatais são: aumento da disponibilidade de recursos, liberdade administrativa das empresas em contratar e pagar elevados salários. Essa década foi o auge da participação do estado através das estatais.
Razoes da estatização: falta de apetite do setor privado em entra em algumas áreas; existência de setores caracterizados por apresentar economias de escala; presença de externalidades;motivos políticos/nacionalistas; controle de áreas com recursos naturais escassos.
No Brasil: Solucionar problemas de Balanço de pgto; objetivo de controlar as atividades de empresas estrangeiras, principalmente no setor de utilidades públicas e exploração de recursos naturais; economia atrasado.
Papel regulador do estado: controlar as flutuações econômicas e influencias na distribuição de renda e adireção do crescimento.
Papel do órgão financiador: visava incentivar o desenvolvimento de setores estratégicos, para os quais não havia fonte de financiamento.
Papel de produtor: Ao final da década de 1970 o Brasil possuía 700 empresas estatais entre as 3 esferas administrativas. Em 1990, o estado empresário brasileiro estava concentrado nas áreas de mineração, infra e serviços de utilidadepública.
As Finanças públicas antes de 1980
Foi uma década marcada pelo desequilíbrio das contas nacionais e um processo hiperinflacionário.
Quais as raízes da crise da dívida dos anos 1980? Nos anos 70, a inexistência de mecanismos eficientes de controle das contas públicas permitiu o descontrole dos mecanismos utilizados como financiador dos recursos auferidos pelo Brasil junto ao FMI.
Reforma de1964/1967: Plano de ação econômica do governo (PAEG) – seu objetivo era o controle inflacionário e retomada do desenvolvimento econômico.
Introdução da correção monetária: obtenção de recursos para cobrir o déficit da união; redução da perda real da receita associada ao atraso no pagamento de débitos fiscais; Estimulo à poupança individual.
A conta movimento: seu objetivo era efetuar registro...
tracking img