“O estado moderno: origens, componentes essenciais e evolução”

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 30 (7348 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
COMUNIDADE TERAPÊUTICA E (RE)EDUCAÇÃO Ronaldo Martins GOMES1 RESUMO: O presente artigo discute a comunidade terapêutica para dependentes químicos enquanto instituição social, a partir de três eixos do processo de tratamento que, idealmente, pretende conduzir o residente à recuperação: a) o eixo teológico – a valoração da espiritualidade, b) eixo coercivo – regras e regimento interno e c)linguagem – a construção de um novo referencial, a (re)educação. Tais elementos atuam como parte de um processo que busca criar condições de autonomia, isso é, devolver para o consumidor de substâncias psicoativas o controle sobre sua vontade. A possibilidade de abandono do uso/abuso implica em duas situações necessárias: a) uso parcial (uso controlado) ou superação do uso (abstinência total). No querespeita aos métodos utilizados nesse artigo, se usará o histórico e o descritivo. O texto manterá um diálogo, ainda que superficial, com Goffman sobre o conceito de instituição total e como esse se aplica ou são à comunidade terapêutica. Como o assunto se refere a investigação sobre as ações concretas de um tipo de instituição que se propõem a desenvolver alguma forma de (re)educação, é de relevânciadiscutir a comunidade terapêutica para dependentes químicos enquanto fenômeno sócio-educativo e, ao se considerar qualquer projeto dessa natureza não se pode deixar de questionar quais são os interesses e os valores que estão envolvidos. PALAVRAS-CHAVE: Comunidade. Terapia. Convivência. Instituição. ABSTRACT: This article discusses the therapeutic community for the drug addicted as a socialinstitution. The treatment is based on three axes, ideally leading to recovery: a) theological axis - Importance of spiritual values; b) coercive axis - rules and by-laws; c) language - creation a new frame of reference, re-education. Such elements function as part of a process in search of conditions for autonomy, that is, restore the drug addicted the control of their free will. Giving up drugs leadsto two conditions: partial (controlled) use or suspension (total abstinence). This work adopted historical and descriptive methods, relating to Goffman's theories about the concept of total institution and how it applies to therapeutic communities. Analysing treatments for drug addiction implies in investigations on how concrete actions of such institutions intend to
1 Especialização em Educaçãode Jovens e Adultos. UFSCar - Universidade Federal de São Carlos. Núcleo de investigação e ação social e educativa. Membro do Grupo de Pesquisa - Políticas Públicas e Gestão de Educação (GEPGE), com ênfase em filosofia, sociologia e gestão da educação. São Carlos - São Paulo – Brasil. 13565-905 ronaldomartinsgomes@professor.sp.gov.br

Artigo - Comunidade terapêutica e (re)educação

developsome form of reeducation. So, the therapeutic community for drug addicts is studied as a social-educational phenomenon. The interests and values involved in this phenomenon are also discussed. KEYWORDS: Community. Therapy. Institution. Drug addition. O Começo O ponto de partida desse pequeno estudo é o homem. E um tipo de homem muito específico: o dependente químico que se submete ao modelo detratamento que se conhece por asilar, amparado na RDC 101/01 ANVISA2. A condição de dependente químico tem caráter transitório, pelo menos, esse é o entendimento da Organização Mundial da Saúde, OMS, que considera a dependência química como uma enfermidade que tem um tipo muito próprio de atenção, mas que, sob certas circunstancias é passível de superação. Nesse sentido, há uma diferenciaçãonecessária entre usuário de psicoativos e indivíduos que desenvolvem uma patologia social no dizer de Durkheim (1974). Enquanto o primeiro se caracteriza por um tipo de posicionamento em relação a sociedade que vai do descontentamento ao desencantamento, sem que isso deixe de se constituir em consciência social em alguma medida participativa; o segundo tipo se caracteriza por um modelo de conduta que...
tracking img