O estado deve se abster de publicar videos ou filmes que podem sensibilizar o mundo islâmico?

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (497 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Houve um tempo em que a Igreja Católica não poderiaj ser questionada, e isso perdurou por toda a “Idade das Trevas”. Vimos isto acontecer justamente no período de seu maior ganho de fiéis. Em 2005,segundo dados da CIA World Factbook, o Islãg já era a segunda maior religião do mundo, contando hoje com cerca de 1,5 a 1,8 bilhões de fiéis. (dado retirado de diversas fontes, incluindo o sitewww.adherents.com, que contabiliza quantos fiéis aderem a cada religião). Ab silogismo
O crescimento da população islâmica é muito maior que o da população cristã, e não é difícil de fazer a analogiade que este é o momento de expansão desta religião, também sabemos que na era de expansão do cristianismo se fez presente a repressão contra a livre expressão.( Argumento a pari)
É direito detodos os devidos respeitos com sua crença e religião. Porém, será a religião mais forte do que a liberdade de expressão? Não seria preferível pensarmos nos erros antepassados, antes de criticarmos aatitude de alguns por dizerem o que pensam, ou ainda elogiarmos aqueles que defendem posturas radicais? Ao olharmos os governos de extrema direita ou esquerda ocorridos no século 20, somos condicionadosa pensar que a liberdade de expressão é preferível sobre o medo ou receio de uma instutuição forte que possa retirar esta liberdade. (Argumento a priori)
É certo de se convir que a atitude doscineastas do “Inocência dos Muçulmanos” foi inapropriada, e que a visão deles com certeza não foi fundamentada em estudos criteriosos sobre a religião, porém não podemos negar que a comoção gerada pelofilme se dispersa quando comparada com o seu custo de produção, qualidade de roteiro e performance dos atores. Argumento ab contrario senso
Da mesma forma é aceitável a critica de que se umjornal ou veiculo de comunicação publicasse uma charge com Maomé (Como já foi tentado sem sucesso), não seria por obvio desrespeito a crença, mas sim pelo fato de que nós ocidentais não reconhecermos...
tracking img