O ensino de história para alunos surdos do ensino médio do ipaese: principais desafios e as possibilidades

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5604 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
O ENSINO DE HISTÓRIA PARA ALUNOS SURDOS DO ENSINO MÉDIO DO IPAESE: PRINCIPAIS DESAFIOS E AS POSSIBILIDADES

José Erinaldo da Silva

RESUMO

Este artigo tem como objetivo relatar e refletir a experiência vivida no Colégio Ipaese (Instituto Pedagógico de Apoio a Educação do Surdo em Sergipe) no ensino de História para alunos surdos do ensino Médio no município de Aracaju/SE. Antes dosrelatos, uma breve contextualização será abordada sobre quem são os surdos, o que é língua de sinais e os modelos educacionais historicamente adotados para a educação de surdos. Em seguida, o campo do trabalho desempenhado na escola, destacando o contexto social e geográfico da escola. A partir disto, ressaltar a importância da utilização da LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) – para o processo deensino e aprendizagem, e de estratégias que possibilitem o entendimento da História de maneira simples, visual e respeitando as particularidades lingüísticas dos alunos surdos. Além do mais as técnicas utilizadas de leitura de imagens históricas, de linhas do tempo diferenciadas e o papel fundamental da mediação entre alunos no contexto de sala de aula.

Palavras-chave: Professor, História, Surdo,LIBRAS.

1 INTRODUÇÃO

Com este relato de experiências pretende-se partilhar algumas vivências no trabalho com alunos surdos do ensino Médio do Ipaese. Como também compartilhar algumas observações como professor dos mesmos. Antes dos relatos, faremos uma breve contextualização da educação no Brasil e no Mundo, com os debates no mundo escolar em relação à educação especial e inclusiva, pois nãosão relembrados constantemente na formação dos professores, enquanto licenciados, na Universidade. Além da experiência de trabalho desempenhada, uma reflexão sobre os trabalhos desenvolvidos no campo atuante – “professor de história que ministra o ensino em Libras”. Observa-se também os processos de avaliação diferenciados, produção de material didático adaptado e o trabalho com ferramentastecnológicas como MSN e blogs, que possibilitam a aprendizagem cooperativa e interdisciplinar, além de auxiliar no desenvolvimento da escrita e da sociabilização em ambientes virtuais “internet”. Assim o presente artigo vem disponibilizar informações relacionadas ao ensino ministrado da disciplina de História no IPAESE (Instituto de Pedagógico de Apoio a Educação do Surdo de Sergipe) em Aracaju.Nesse sentido, o presente trabalho tem como objetivo relatar as experiências vividas no Colégio Ipaese no município de Aracaju-SE. Com a finalidade de contribuir à sociedade com informações relativas ao ensino de Historia na Língua Brasileira de Sinais.
Justifica-se a presente pesquisa, tendo em vista que ao longo de décadas a Educação Especial é debatida no meio acadêmico. Também, a necessidade deestudos que possam possibilitar uma melhor compreensão sobre o processo de ensino da disciplina de História ministrada em Libras. Além do grande conhecimento para a professores e alunos no município de Aracaju, como também para a comunidade acadêmica, no que diz respeito à forma de ensino na Língua de Sinais..
Os procedimentos metodológicos realizados foram, no primeiro momento, pesquisasbibliográficas e documentais. Em seguida, foi realizada visita in loco, entrevistas e aplicação de questionários ao professor de História do IPAESE. Sendo que o resultado da coleta de dados foi registrado em forma de texto. Constituí-se numa pesquisa descritiva.

1.1 A EDUCAÇÃO NO BRASIL

A educação no Brasil começou como forma de dominação dos colonizadores, através dos jesuítas que vieram catequizaros índios. O movimento jesuítico, fundado na Espanha, era um dos baluartes da Contra-Reforma e peça fundamental na disputa com os protestantes pelas novas almas, caso dos índios brasileiros.
Antes da chegada dos portugueses não havia forma educacional organizada. As tradições de cada tribo eram passadas de maneira não formal pelos anciãos. Portanto a primeira estrutura “escolar”, foi...
tracking img