O educador na era do conhecimento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1527 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Faculdades Alternativas de Santo Augusto

Aluno: Omar Francisco Altíssimo
Disciplina: Educação no século XXI,
Prof. Msc. Inácio José Rhoden

O Educador na Era do Conhecimento

É uma constatação amplamente aceita que estamos vivendo na Era do Conhecimento. De acordo com AlvinToffler - o analfabeto do século XXI não será aquele que não sabe ler nem escrever, mas aquele que não for capaz de aprender, desaprender e reaprender. Como não há possibilidade de competição com a tecnologia, o professor perdeu o papel de ser o único transmissor de saberes, de conhecimentos, para ser um orientador, um mediador, um educador.
Sabemos que as mudanças na educação nãosão tão rápidas quanto as tecnológicas. Há uma consciência clara nos meios educacionais que o papel do professor vai além da transmissão dos conteúdos, há necessidade de despertar nos alunos a capacidade de produção subjetiva para se sentir pertencendo à humanidade. A sociedade atual requer educadores e não simples professores. A capacidade para educar, entretanto, está muito além dos conhecimentostécnicos adquiridos num curso de Pedagogia. Ser educador é muito mais do que ser professor.
Para ser educador, não basta conhecer teorias, aplicar metodologias, é preciso uma predisposição interna, uma compreensão mais ampla da vida, um esforço sincero em promover a própria autoeducação, pois o educador verdadeiro é aquele que antes de falar, exemplifica; antes de teorizar, sente e antesde ser profissional é um ser humano. (INCONTRI, 2004, p.52). Portanto, todo estudo voltado à educação está diretamente ligado ao papel do educador, ao papel do educando e a relação que se estabelece entre eles.
O mundo atual confronta os educadores com dois grandes desafios: reinventar a escola como agente material da ação de educar e reinventar a si mesmo como profissional e educador. Oque é ser professor no século XXI? É claro que o termo Professor continuará existindo, mas importante que faça o papel de educador. Por isso, essa é uma pergunta para a qual não há resposta fácil. Mas uma coisa é certa, o nosso tempo, caracterizado por mudanças constantes e velozes, traz desafios para o professor e o estimula a repensar continuamente sua prática. Acredito que o professor desteséculo deve funcionar como um facilitador no acesso às informações. Deve funcionar como um bom amigo que auxilia a conhecer o mundo e seus problemas, seus fatos, suas injustiças e suas solidariedades, de forma que o aluno possa caminhar com liberdade de expressão e, consequentemente, de ação. Em contrapartida, o aluno deve respeitar o espaço escolar e valorizar o professor, sabendo aproveitar a magiado momento, o encantamento do aprender-ensinar-aprender. É necessário, pois, que o professor esteja sempre interagindo com o que se passa no mundo e se mantenha atualizado em relação às inovações da sociedade, da cultura, da ciência, da política e da essência de vida. Para isso o professor precisa buscar definição para o que faz e propiciar novos sentidos para o fazer dos seus alunos. Procurandoessa postura, deixará de ser um “lecionador" para ser um organizador do conhecimento e da aprendizagem. O Educador desse novo século deve se preparar, pois a forma de dar aula mudará, radicalmente, onde a comunicação fluirá dos alunos para o educador e este terá a função de iniciar a aula e deixar que os alunos falem dos seus conhecimentos sobre o tema proposto. Os alunos deverão fazer “asjogadas” e o professor deve atuar como um bom técnico, corrigindo os eventuais erros e exageros.É claro que para chegar a esse objetivo, há um longo caminho a ser percorrido, onde encontraremos muitas “pedras e espinhos” pela estrada, resistência de professores, diretores e alunos, porém, não há como retroceder. É hora de mudar e mudança exige coragem, persistência, criatividade e trabalho em equipe....
tracking img