O desenvolvimento profissional das educadoras de infância: entre saberes e os afectos, entre a sala e o mundo.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1236 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
FORMOSINHO, Julia Oliveira. O desenvolvimento profissional das educadoras de infância: entre saberes e os afectos, entre a sala e o mundo. Encontros e Desencontros em Educação Infantil. 4º edição – São Paulo: Cortez, 2011.

O texto apresenta-se divido em cinco partes, abordando o desenvolvimento profissional das educadoras de infância e como se inserem em seu campo de trabalho. Aborda aspectosespecíficos das educadoras, visando à caracterização da profissionalidade e seu exercício como docentes na educação da infância.

A priori, o texto traz o conceito de profissionalidade “diz respeito à acção profissional integrada que a pessoa da educadora desenvolve junto das crianças e famílias com base nos seus conhecimentos, competências e sentimentos, assumindo a dimensão moral daprofissão.” (p. 134 e 135). O objetivo da primeira parte do texto é caracterizar o perfil profissional do educador e como devem comportar-se diante da educação da infância. “Evidentemente o papel dos professores é, em muitos aspectos, similar ao papel dos outros professores, mas é diferente em muito outros. Estes aspectos diferenciadores configuram uma profissionalidade especifica do trabalho das educadorasde infância. Os próprios actores envolvidos na educação de infância tem sentimentos mistos no que se refere à questão de serem iguais ou diferentes dos outros professores, nomeadamente dos professores do ensino primário.” (p. 135).

Ressalta as características da criança pequena e sua dependência com relação ao trabalho docente “a dependência da criança em relação ao adulto nas rotinas decuidados (higiene, limpeza, saúde) chama a atenção da vulnerabilidade da criança devido a sua tenra idade” (p. 136), coloca que o educador precisa de especificidades pra lidar com a vulnerabilidade que a criança apresenta no decorrer de seu desenvolvimento. Este desenvolvimento resulta que as educadoras obtenham vários papeis de sua pratica profissional, abrangendo uma grande diversidade nas tarefas aserem realizadas. “A globalidade da educação pequena requer das educadoras um alargamento de responsabilidade pelo funcionamento da criança. Assim, a educadora de infância desempenha uma enorme diversidade de tarefas e tem um papel abrangente com fronteiras pouco definidas.” (p. 138). “O educador da criança pequena necessita de um saber fazer que incorpore ao mesmo tempo a globalidade evulnerabilidade social das crianças e a sua competência.” (p.139). O desenvolvimento profissional acarreta vários adjetivos que compõem a constituição do perfil a ser utilizado no processo de desenvolvimento da criança na educação da infância.

O segundo momento do artigo dar-se através do desenvolvimento do professor no contexto ecológico, onde é analisada em dois níveis, o do ambiente direto detrabalho, onde diversos fatores desencorajam os processos de desenvolvimento do trabalho e o nível do contexto de ensino evidencia a cultura desse profissional.

O ambiente ecológico estrutura-se de quatro formas, sendo: o microsistema, o mesosistema, o exosistema e o macrosistema. Onde o microsistema “é concebido como o local onde os indivíduos podem estabelecer relações face a face” (p. 141).Enquanto o mesosistema “é o complexo mundo das inter-relações entre os microsistemas” (p. 141). Já o exosistema “diz respeito aos contextos que, embora não experienciados directamente nem implicando a participação activa do sujeito, são arena de situações que afectam ou são afectados pelo que ocorre nos micro e mesosistemas” (p. 142). E o macrosistema “não se refere a contextos específicos, mas antes acrenças, valores, hábitos, formas de agir, estilos de vida, etc. que caracterizam uma determinada sociedade e são veiculados pelas outras estruturas do ambiente ecológico” (p. 142). Estes ambientes são aplicados ao desenvolvimento profissional, pois consistem na fundamentação da aprendizagem. “A abordagem ecológica é essencial, porque acreditamos que os professores crescem e desenvolvem-se...
tracking img