O desenvolvimento humano segundo Piaget e Vygotsky

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 10 (2331 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 30 de setembro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O desenvolvimento segundo Piaget

A Epistemologia Genética de Jean Piaget objetiva investigar como o pensamento lógico é construído, ao longo do desenvolvimento humano, e quais categorias de pensamento emergem a partir da conquista da realidade, por parte do sujeito.
Epistemologia Genética = a gênese (a origem) do conhecimento.
A Epistemologia Genética investiga o desenvolvimento cognitivodesde o momento do nascimento até a adolescência, tendo como proposta conhecer essa trajetória desenvolvimental, investigar como as estruturas cognitivas vão se organizando durante a infância, caracterizadas por processos evolutivos distintos (DOLLE, 1995).
O interesse de Piaget se centrava na questão da construção do conhecimento com um desejo especial em procurar compreender a origem dainteligência humana.
Piaget começa a estudar as crianças que estavam sendo submetidas aos testes de Binet e Simon (início dos testes de QI), registrando as respostas em padrões e categorias lógicas, típicas de cada grupo etário. Estava inaugurado o “Método Clínico” piagetiano que lhe permitiu criar um dos mais completos modelos teóricos sobre o desenvolvimento cognitivo humano.
Piaget era dotado de umespecial talento de pesquisador, que fez com que transportasse um referencial conceitual da Biologia, sua ciência de origem, para a Psicologia, na tentativa de explicar os processos de construção do conhecimento.
O modelo teórico piagetiano é interacionista e considera que ambiente e biologia executam uma dança desenvolvimental harmoniosa, processando trocas contínuas, onde o sujeito – que éativo e atuante – constrói suas estruturas cognitivas ao longo de etapas de desenvolvimento, na relação com o objeto do conhecimento.
O homem nasce dotado de estruturas biológicas que o predispõe à aquisição de estruturas mentais. Essas aquisições vão ocorrer a partir da interação do sujeito com o objeto do conhecimento. Nesse processo, haverá uma busca constante por equilíbrio, além de construção dainteligência, ao longo de etapas previamente estabelecidas.
“Equilibração”: os homens construíram estruturas lógicas mentais para sentirem-se equilibrados com relação ao mundo. O homem que não compreende o mundo, que não se sente conhecedor de sua “realidade” não é capaz de sobreviver. A inteligência torna-se, desta forma, um dos mecanismos que a evolução encontrou para garantir a sobrevivênciana nossa espécie (PIAGET, 1991).
A dinâmica da construção do conhecimento também pressupõe a busca da ADAPTAÇÃO como o mecanismo que vai gerar equilibração. Ela implica dois processos correlacionados, que são: a ASSIMILAÇÃO, que significa incorporar elementos provenientes do meio a estruturas ou esquemas já existentes e a ACOMODAÇÃO que representa a modificação das estruturas ou esquemas jáexistentes em função das modificações do meio.
Temos ainda o conceito de ESQUEMA, que significa a estrutura da ação, como um modo de agir, construído pelo sujeito.
A inteligência humana constitui uma das formas de adaptação que a vida assumiu em sua evolução. O organismo adapta-se construindo materialmente formas novas para inseri-las nas do universo, ao passo que a inteligência prolonga talcriação, construindo mentalmente estruturas suscetíveis de se aplicarem às do meio. (DOLLE, 1995, p.119)
A dinâmica da construção do conhecimento traduz-se na dança dos processos de assimilação e acomodação, gerando adaptação e construindo novos esquemas cognitivos. É necessário compreender por meio de quais estruturas essa dinâmica opera. Para isso, Piaget criou os estágios ou períodos dodesenvolvimento da cognição humana (PIAGET, 1991).
Os estágios representam o conjunto de características que determinam períodos específicos no processo de desenvolvimento cognitivo. São eles:
• Estágio Sensório-Motor (0 a 2 anos)
O estágio sensório-motor tem início com o nascimento e dura, aproximadamente, dois anos. Segundo Piaget, este estágio representa uma revolução copérnica da vida do bebê,...
tracking img