O cras por si mesmo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2213 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE BRAZ CUBAS-UBC

SERVIÇO SOCIAL
CEDIMARA A. R. MACHADO RGM: 263757
ÉRIKA DAS G. S. DE SOUZA RGM: 261985













CRAS- CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL




















MOGI DAS CRUZES
2012
CEDIMARA A. R. MACHADO RGM: 263757
ÉRIKA DAS G. S. DE SOUZA RGM: 261985













CRAS-CENTRO DE REFERÊNCIA DEASSISTÊNCIA SOCIAL
Artigo apresentado ao curso de Serviço Social, para as disciplinas de Projeto integrador II e Formação Específica, com a orientação das professoras: Claudia Mário e Maria Gabriela.










PROFESSORAS: CLAUDIA MÁRIO E MARIA GABRIELA
















MOGI DAS CRUZES
2012

CRAS- Centro de Referência da Assistência Social:O CRAS por si mesmo.

Cedimara A. R. Machado
Érika das G. S. de Souza
Resumo
CRAS- Centro de Referência de Assistência Social.
O CRAS foi criado em 2004, seu objetivo é a proteção social com a proposta de ser a porta de entrada do SUAS- Sistema Único de Assistência Social.
O CRAS é efeito de uma série de condições políticas e sociais, de lutas coletivas e de governo. O principal serviçoofertado pelo CRAS é o PAIF- Serviço de Proteção e Atendimento Integral á Família.
O PAIF desenvolve um trabalho de caráter continuado que visa fortalecer a função de proteção das famílias, prevenindo a ruptura de laços familiares e comunitários, promovendo o acesso e usufruto de direitos e contribuindo para a melhoria da qualidade de vida dos usuários.

Palavras- chave
CRAS- PAIF- SUAS-Famílias- Assistência social- Vulnerabilidade Social

Introdução
Este trabalho de pesquisa teórica tem como proposta principal fazer uma análise sobre os serviços ofertado pelo CRAS, os procedimentos necessários e adequados a cada situação. Uma vez que entendemos a necessidade de esclarecimentos sobre os procedimentos desenvolvidos com o objetivo de facilitar a vida de quem procura o CRAS.Lembrando que os serviço prestados pelo CRAS são totalmente gratuitos e previsto na Constituição Federal de 1988, e instituído na lei orgânica da Assistência Social (LOAS, artigo 22, capítulo IV).
Esses serviços são destinados aos usuários da Assistência Social, população em situação de vulnerabilidade social decorrente da pobreza, privação ou fragilização de vínculos afetivos e familiares, relacionadostambém com a questão de pertencimento social ( exemplo: pessoas em situação de rua), acesso precário ou nulo dos serviços públicos ou situações de discriminação de qualquer natureza (etária, técnica, gênero, deficiência, etc.)
São situações vividas que caracterizam os usuários de Assistência Social e determinam os serviços que serão prestados no campo de proteção social básica. Sendo que oprincipal serviço prestado pelo CRAS é o serviço de Proteção Integral á Família (PAIF).
Os serviços de proteção especial destina-se aos usuários e familiares que tiveram seus direitos violados por conta das situações de vulnerabilidade social e que se encontram em situação de risco pessoal e social, por ocorrência de abandono, maus trato físicos e psíquicos, abuso sexual,uso de substânciaspsicoativas. Os serviços de proteção básica atuam com os usuários cujos direitos ainda não foram violados e objetiva a prevenção destas violações.
O PAIF desenvolve um trabalho de caráter continuado e tem a função protetora da família na prevenção da ruptura dos vínculos familiares e comunitários; a promoção de ganhos sociais e materiais; a programas de transferência de renda e serviçossócioassistênciais e apoio as famílias.


1- Assistência Social Brasileira uma breve história.
Em sua origem entendia-se Assistência Social não como um direito, mas um exercício de filantropia, de solidariedade ou de caridade.
O Estado começa á participar mais efetivamente nas políticas sociais a partir dos anos de 1930/1940.
Em 1937 a Assistência Social como campo de ação...
tracking img