O contratualismo social

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1236 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Contratualismo
Conceitos clássicos do pensamento político (para compreensão da ciência política)
Poder - Soberania - Noção - Legitimidade

Opoder antes absouluto, agora é dinâmico, dando face a uma diferente condição de soberania ( condição vinda de mudanças de baixo para cima).
Todas as teorias do contrato social trabalham com estas ideias de forma fundamental. Estão vinculadas aoracionalismo.
Ieia RACIONALISTA: o poder, advindo pela racionalidade (decartes) busca-se a dominação. Decartes: a verdade é dada pela razão. Separação entre mente e corpo, metrificação, torna as coisas passíveis de cálculo -> o que eu penso como realidade, torna-se a realidade.razão= realidade. Divizão de todos conceitos em conceitos menores( em miudezas, e assim entender o todo através delas.As teorias do contrato social adequam os conceitos clássicos para poder fundamentar-se. Ocorrem mudanças culturais e sociais, transformando os conceitos do pensamento político.
A modificação do pensamento exige um discursar da realidade, a lógica do contrato acredita que ela eé a unica capaz de chegar a paz, segurança, ordem, harmonia. E se este racionalismo não existe (racionalismo dominantede outros racionalismos) o contrato social é quebrado, se instaurando o irracional: a barbárie
Há um vínculo fundamental entre o contratualismo ( racionalismo) e o esclarecimento.
Ideia de querer racionalizar o mundo, o que não é racional portanto é bárbaro e deve ser subjulgado.
Séc XVII houve questionamentois que levaram ao contrato social, empregando o racionalismoà política.qaBusca-se responder os porques através da razão e da história.
Alteração das relações sociais pelas mudanças no trabalho e une pensamento social, mudança no modo de ver o homem e a natureza. "homem senhor e domo da natureza" (Novo estado de espírito) Razão = Realidade
Desta máxima as concepções políticas vindas do racionalismo passam a ser expressões desse racionalismo.
*Aritimética política:buscar o racionalismo aplicado a uma forma de governo. Calculo de como deve ser a política para a criação de um melhor estado de governo (Hugo Groccio)
Definir os proncipios que regulam as relações entre os estados soberanos, tanto na paz quanto na guerra, com intenção de proteger o indivíduos.

*Universsalidade do Direito-> Direito geral é imutável por ser fundado na natureza do homeme: aracionalidade. Os homens são naturalmente iguais por serem dotados de razão (iluminismo) Ex: Direitos humanos universais. O homeme em nome da razão, através do direito pode estabilizar a sociedade. A razão dita o que é pólis, a sociabilidade é um efeito da razão (natureza humana)
Mediante um contrato a razão pode coordenar o público, como se todos tivessem assinado um contrato (estadodemocrático de direito).
O contratualismo fundado no racionalismo, é a delegação da autoridade pública a uma instância soberana e perpétua. Então quem não atende a vontade da coletividade rompe o contrato, sendo legitimo à autoridade pública violentar quem rompe o contrato. ( desordeiro, barbárie) " monopólio legitimo do uso da força" (Weber)
TEORIAS DO CONTRATO SOCIAL SÃO EXPRESSÕES DA RACIONALIDADE.THOMAS HOBBES
Apresenta em sua concepção contratualista uma justificativa à monarquia.
Descreve sobre o homem, ele em seu estado de natureza e a feitura de um contrato social para que acabasse com a violência.
Hobbes tem em sua obra a "nova física" (leis de Newton) a representação do racionalismo, que seria possível entender arealidade através da aproximação com a natureza (mecanismo- entender o mundo como máquina)
Hobbes compreende o homeme como uma máquina, que pode entender também a mecanicidade do mundo. O homem sendo uma máquina está sujeito a relações de causa e efeito.
Busca-se descobrir as causas e efeitos para entender a natureza e acabar com os efeitos ruins. Para Hobbes uma propriedade especifica da...
tracking img