O construto psicopatia no sexo feminino

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 144 (35923 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Fábio de Melo

Quando I o sofrim^Rto
bater à sua potra

r^ctr
Editora Canção Nova

I

Fábio de Melo

Quando o sofrimento
bater à sua porta

Editora Canção Nova

EDITORA: Cristiana Negrão CAPA: Tiago Muelas Filú
PROJETO GRÁFICO E DIAGRAMAÇÃO:

Cláudio Braghini Júnior

PREPARAÇÃO: Lilian Miyoko Kumai REVISÃO: Patrícia de Fátima Santos

Dados Internacionais de Catalogaçãona Publicação (CIP) (Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil)
Melo, Fábio de Quando o sofrimento bater à sua porta / Fábio de Melo — São Paulo, SP : Editora Canção Nova, 2008.

ISBN 978-85-7677-122-7

1. Auto-ajuda 2. Conduta de vida 3. Sofrimento - Aspectos psicológicos I. Título.

08-09539 índices para catálogo sistemático: 1. Sofrimento: Aceitação: Psicologia aplicada 158.1

CDD-158.1Rua São Bento, 43 - Centro 01011-000 São Paulo SP Telefax [55] (11) 3106-9080 e-mail: editora@cancaonova.com vendas@cancaonova.com Home page: http://editora.cancaonova.com Todos os direitos reservados. ISBN: 978-85-7677-122-7 © EDITORA CANÇÃO NOVA, São Paulo, SP, Brasil, 2008

EDITORA CANÇÃO NOVA

Quando o sofrimento bater à sua porta... é melhor abrir.

Tristes ainda seremos por muitotempo, embora de uma nobre tristeza, nós, os que o sol e a lua todos os dias encontram no espelho do silêncio refletidos, neste longo exercício de alma. Cecília Meireles

Para Maria das Dores Lasmar, mulher que tem dores no nome, mas esperança na alma.

Ao Ricardo Augusto Ramalho, por ter encontrado o que estava perdido.

Sumário

Essência de vidro Primeiras palavras Capítulo 01 - Asmúltiplas faces do sofrimento Capítulo 02 - A natureza do sofrimento Capítulo 03 - O sofrimento como experiência de limite Capítulo 04 - Aprofundando o conceito de limite Capítulo 05 - Respeitar os limites, mas nunca temê-los Capítulo 06 - O limite como possibilidade Capítulo 07 - O amor que nasce do limite Capítulo 08 - Por que sofrer? Capítulo 09 - Como sofrer? Capítulo 10 - O sofrimento de nãoter resposta Capítulo 12 - O pai, o menino e o rio Capítulo 13 - Os frutos que podemos colher

15 17 21 27 33 39 49 55 61 69 73 79 93 97

Capítulo 11 - A serenidade de saber conviver com a pergunta..... 87

Capítulo 14 - O sofrimento que buscamos Capítulo 15 - Deus e o sofrimento humano Capítulo 16 - Deus e os absurdos do mundo Capítulo 17 - E agora, José? Capítulo 18 - A velhice e as perdasnaturais Capítulo 19 - O sofrimento da travessia Capítulo 20 - O sofrimento de saber-se inútil

103 109 119 129 141 155 161

Capítulo 21 -Sofrimentos que nascem de defeitos cristalizados... 173 Capítulo 22 - Quebrando o cristal Capítulo 23 - Lidando com os sofrimentos Capítulo 24 - Racionalizar para viver melhor Capítulo 25 - Administrando os sofrimentos Capítulo 26 - Quando o sofrimentomerece ser sofrido Capítulo 27 - Sofrimento - do absurdo ao sentido Capítulo 28 - Acolhendo alegrias possíveis Capítulo 29 - Transformados pelo sofrimento 181 191 201 211 219 225 231 237

Essência de vidro

Quando os nossos pés descalços se colocam diante das duras pedras do sofrimento... quando a fragilidade de nossa condição nos leva a trilhar o inevitável caminho das sombras... quando a vidanos revelar que somos portadores de uma essência de vidro... é importante que a gente se livre da pressa e da facilidade das respostas prontas... porque diante da dor sofrida, mais vale um silêncio, uma pausa, que uma palavra inoportuna.

15

Primeiras palavras..

bofrer é como experimentar as inadequações da vida. Elas estão por toda parte. São geradas pelas nossas escolhas, mas tambémpelos condicionamentos dos quais somos vítimas. Sofrimento é destino inevitável, porque é fruto do processo que nos torna humanos. O grande desafio é saber identificar o sofrimento que vale a pena ser sofrido. Perdemos boa parte da vida com sofrimentos desnecessários, resultados de nossos desajustes, precariedades e falta de sabedoria. São os sofrimentos que nascem de nossa acomodação, quando por...
tracking img