O conceito de historia medieval

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2377 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]






















































































SUMÁRIO

1 CONCEITOS HISTÓRICOS 3
2 INTRODUÇÃO 6
3 DESENVOLVIMENTO 7
4 CONCLUSÃO 11
REFERÊNCIAS 12
CONCEITOS HISTÓRICOS

Definição de Conceitos Históricos:


Teoria da História

História: Originada dogrego “historie”, que significa testemunho, no sentido daquele que vê. A história tem como característica principal estudar os hábitos e costumes dos homens e acontecimentos de grandes impactos, na tentativa de entender os homens e a sua evolução com o passar do tempo.
Tempo: O tempo é um componente do sistema de medições, usado para sequenciar eventos, para comparar as durações, os seusintervalos, e para quantificar o movimento de objetos.
Documento: documento é todo o material produzido em um determinado período, que possa auxiliar o historiador em sua análise.
Monumento: Um monumento é uma estrutura construída por motivos simbólicos ou comemorativos, mais do que para uma utilização de ordem funcional.

Historiografia

Escola dos Annales: A escola dos Annales é ummovimento historiográfico que se constitui em torno do periódico acadêmico francês Annales d'histoire économique et sociale, tendo se destacado por incorporar métodos das Ciências Sociais à História.
Nova Esquerda Inglesa: A Nova Esquerda é um termo utilizado para se referir aos movimentos políticos de esquerda surgidos em vários países a partir da década de 1960.
Contexto Histórico: É o cenário específico,como tempo, local e pessoas presentes, que dá significado a um evento. 
Circularidade Cultural: É uma definição aparentemente empírica, inspirada na antropologia cultural, uma visão original de cultura popular que não se confunde com cultura imposta às classes populares, pelas classes dominantes.


Antropologia:

Anacronismo: O anacronismo consiste basicamente em utilizar os conceitos eideias de uma época para analisar os fatos de outro tempo.
Etnocentrismo: O etnocentrismo trata-se de uma avaliação pautada em juízos de valor daquilo que é considerado diferente.
Relativismo: O relativismo é uma doutrina que prega que algo é relativo, contrário de uma ideia absoluta, categórica.
Identidade: É o conjunto de caracteres próprios e exclusivos com os quais se podem diferenciar pessoas,animais, plantas e objetos diante do conjunto das diversidades, ou de seus semelhantes.

Sociologia

Fato Social (em Durkheim): Define-se fato social como uma norma coletiva com independência e poder de coação sobre o indivíduo. As regras jurídicas, morais, dogmas religiosos, sistemas financeiros, maneiras de agir, costumes, são um conjunto de fatos exteriores ao indivíduo e aplicáveis atoda a sociedade, que são capazes de condicionar ou até determinar suas ações.
Ação Social (em Weber): Ação social refere-se a qualquer ação que leva em conta ações ou reações de outros indivíduos e é modificada baseando-se nesses eventos. A ação social, para Max Weber, pode ser dividida em quatro ações fundamentais: ação social racional com relação a fins, ação social racional com relação avalores, ação social afetiva e ação social tradicional.
Classe Social (em Marx): Para Marx, classe social é definida objetivamente pela posição que a pessoa ocupa na estrutura de produção. No modelo puro só existem duas opções possíveis: ou a pessoa possui os meios de produção e pertence à classe capitalista ou não possui e pertence à classe operária. Não é a renda que determina a posição da pessoa nahierarquia social, é a posição da pessoa na estrutura de produção que determina sua faixa de renda.
Modo de Produção Capitalista: O capitalismo é um sistema econômico em que os meios de produção e distribuição são de propriedade privada e com fins lucrativos; decisões sobre oferta, demanda, preço, distribuição e investimentos não são feitos pelo governo, os lucros são distribuídos para os...
tracking img