O comportamento ideológico da mídia, em relação à questão social

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1653 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
ATIVIDADE AVALIATIVA
DESAFIO DE APRENDIZAGEM

Curso: Serviço Social
Período Letivo: 2011/1
Semestre: Primeiro
Disciplina: Tecnologias da Informação e Comunicação

O COMPORTAMENTO IDEOLÓGICO DA MÍDIA, EM RELAÇÃO À QUESTÃO SOCIAL

A sociedade atual, em vista dos desenfreados avanços na capacidade de transportar dados, voz, texto e imagens, advindos da inovação tecnológica e daprogressiva integração das plataformas de telecomunicações, vive uma verdadeira revolução da informação. Em termos de importância e impacto que causará, a revolução da informação coloca-se par a par com as invenções da escrita e da imprensa. São exemplos dessa revolução da informação o provimento de conteúdo eletrônico por meio de telefones celulares, do acesso a noticiários eletrônicos por meio daInternet, e de diversos serviços de telecomunicações, como TVs por assinatura, Serviço de Comunicação Multimídia – SCM, etc. A pergunta pertinente é: o que fazer para que o potencial da comunicação social eletrônica seja convertido em ferramenta difusora de conhecimento e equidade cultural, com acesso amplo de toda a população? A resposta pode ser encontrada na liberdade do trânsito de conteúdo eletrônicopelas redes de telecomunicações. Só aí o direito subjetivo à educação por meio do acesso à informação pode ser de fato concretizado.

A profunda alteração na estrutura de demanda de conteúdo e o aumento da pressão competitiva nos mercados tradicionais de mídia e telecomunicações fazem com que a convergência seja uma questão chave nas estratégias das empresas destes setores. Na presença de umarcabouço legal e regulatório adequado e políticas públicas que alavanquem as oportunidades de convergência, diversos benefícios podem ser gerados para a sociedade, como a promoção à inclusão digital, à cultura nacional, ao desenvolvimento econômico e à livre manifestação de opinião.

No atual cenário, diante de cada vez mais iminente e irreversível convergência tecnológica, os radiodifusoresvêem crescer a possibilidade de concorrência direta com empresas estrangeiras, com maior fluxo de caixa e atuante em outros setores, como das telecomunicações, o que lhes daria a essas empresas uma razoável vantagem competitiva no mercado de comunicação social eletrônica. Nesse sentido, o argumento protecionista dos radiodifusores tem sido impedir ou dificultar a entrada desses concorrentes nestenovo mercado.

Em suma, no limite da análise, este é um cenário, tanto de um lado como de outro, de um conjunto restrito de atores, capaz de impor, muitas vezes, sua vontade empresarial sobre os interesses coletivos e sobre o próprio mercado, sem grandes contestações, exceto por aquelas oriundas de movimentos e organizações sociais – sindicais, acadêmicas, profissionais. Movimentos e organizaçõescuja capacidade de influência é reduzida, não só porque em geral carecem de recursos econômicos suficientes para agir, mas principalmente porque eles e suas teses estão sumariamente ausentes das páginas dos jornais e revistas, dos programas de rádio e televisão, e dos portais de informação que dominam o ambiente da informação e do conhecimento de massa no país. Curioso é que muitas vezes agentesimportantes desses movimentos e organizações lançam seus olhos de resistência para os potenciais contendores empresariais da Rede Globo e de seus associados, afiliados e parceiros, na expectativa de que possa vir deles uma reação a essa excessiva concentração de poder político e de mercado em um mesmo grupo empresarial de comunicação social.

Para o presente trabalho, nossa equipe se deteve aanalisar o comportamento político-ideológico desempenhado pela Rede Globo (http://redeglobo.globo.com/), enfocando algumas indicações sobre seu posicionamento discursivo tencionado.

O inicio das atividades da Rede Globo em 1965, marca a transformação da televisão brasileira se constituindo como um grande marco da indústria cultural. Já em meados de 1970, entre os programas mais vistos pela...
tracking img