O cinema como ferramenta no ensino da argumentação

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3744 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O Cinema como Ferramenta no Ensino da Argumentação




Luiza Liene Bressan[1]
Marioly Oze Mendes2





INTRODUÇÃO
O presente artigo objetiva estudar a importância da utilização do cinema em sala de aula como uma das possíveis ferramentas para desenvolver a capacidade de argumentação dos acadêmicos ingressantes no curso de Direito.
Conforme comenta Araújo (2007,s.p.)
O debate em torno das questões educacionais tem gerado muitas controvérsias. Não se pode negar, por exemplo, a ampliação, nas últimas décadas, das oportunidades educacionais. No âmbito específico das práticas escolares, o próprio sentido do que seja "educação" amplia-se em direção ao entendimento de que os aprendizados sobre modos de existência, sobre modos decomportar-se, sobre modos de constituir a si mesmo para os diferentes grupos sociais, particularmente para as populações mais jovens se fazem com a contribuição inegável dos meios de comunicação.


Assim, conforme Napolitano (2011) apesar de centenário, o cinema é considerado uma nova linguagem e, como tal, é uma ferramenta de ensino atual, pois sua aplicação em contextos educacionaisiniciou-se tardiamente.
Dessa forma, apesar de ter mais de um século de existência, o cinema chegou aos centros de educação na década de 80 e poucos eram os professores que ousavam utilizá-lo como uma ferramenta de ensino. O avanço tecnológico fez com que o professor incorporasse aos seus fazeres a inserção de novas metodologias que viabilizassem um diálogo mais estimulante com a atual geração.Para Duarte (2006, p.17)

“ver filmes é uma prática social tão importante, do ponto de vista da formação cultural e educacional das pessoas, quanto à leitura de obras literárias, filosóficas, sociológicas e tantas mais.” Dentro do contexto da utilização do cinema como veículo, ferramenta de ensinar temos a oportunidade de enfocar aspectos históricos, literários ecinematográficos, seja de forma separada e/ou em conjunto. Através destas possibilidades podemos trabalhar com os temas transversais, estabelecidos pelos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN), estes constituem uma possibilidade do saber, da memória, do raciocínio, da imaginação, e da estética entre outros, ou seja, de integração dos saberes.




Em relação ao curso de Direito, disponibilizartemas polêmicos por meio de filmes consagrados cuja temática esteja inserida tanto na área jurídica como na linguística suscita em mais uma das ferramentas que se pode utilizar para o desenvolvimento da retórica e da argumentação, práticas imprescindíveis à formação de profissionais do Direito.
A utilização do cinema na educação
[...] é importante porque traz para aescola aquilo que ela se nega a ser e que poderia transformá-la em algo vivido e fundamental: participante ativa da cultura e não repetidora e divulgadora de conhecimentos massificados, muitas vezes já deteriorados, defasados [...]. (ALMEIDA, 2001, p. 48).
Desta forma, o presente artigo objetiva contribuir para o desenvolvimento da argumentação, utilizando como ferramenta de ensino o cinema.ARGUMENTAÇÃO JURÍDICA

2.1 Argumentação

Desde a Antiguidade Clássica, gregos e romanos enfatizavam a importância das técnicas de convencimento. Diziam os gregos que somente era um cidadão aquele que usasse da palavra publicamente em defesa de seus pontos de vista.
Conforme Petri (2009, p. 54/55)
A argumentação, ou texto argumentativo, assemelha-se, na forma, àdissertação, diferindo dessa, entretanto, porque, embora na dissertação a seleção das opiniões a serem reproduzidas já implique uma opção, a argumentação exige daquele que a escreve uma tomada de posição, isto é, não basta apresentar os argumentos; mas é necessário fazê-lo de forma a envolver o receptor/leitor e, mais ainda, persuadi-lo da veracidade do que está sendo dito, conquistando, assim,...
tracking img