O ciclo da água: a construção de uma cidade romana

Páginas: 18 (4411 palavras) Publicado: 22 de abril de 2011
UNIVERSIDADE GUARULHOS

COORDENAÇÃO DE GRADUAÇÃO DO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO

GRUPO 03

O ciclo da água: a construção de

uma cidade romana

São Paulo

Junho de 2009

(entrada no 1º sem09)

|SUMÁRIO |

|Introdução|....................................................................................................... |Pág. 03 |

|1. História da arte romana |............................................................................ |Pág. 04 |

|1.1. A arquitetura romana |................................................................................ |Pág. 04|

|2. A importância da água na cidade |............................................................... |Pág. 08 |

|2.1. A engenharia dos aquedutos romanos |................................................. |Pág. 08 |

|2.2. Termas romanas: banhos públicos para todas as classes|.................... |Pág. 12 |

|3. Sem água não há cidade |............................................................................ |Pág. 14 |

|4. Bibliografia |................................................................................................... |Pág. 18 |

|5. Participantes – Grupo 03|.......................................................................... |Pág. 19 |

INTRODUÇÃO

Séculos se passaram e a engenharia da arquitetura romana ainda surpreende o mundo por tamanha modernidade adotada na época. Embora existam muitos questionamentos sobre o seu desenvolvimento, o qual dizem que a arte romana é o resultado de plágios influenciados porculturas de povos dominados durante a grande expansão do império, indiscutivelmente o seu legado tomou forma única, independente e importância no progresso de uma cidade.
Neste trabalho de pesquisa, o tema principal abordado é a água, dando o seu protagonismo para a difusão de bem-estar coletivo - que envolve a questão de higiene pessoal e saneamento de uma cidade -, além de ser uma peça social comcaracterísticas que proporcionam o prazer e o lazer de uma população.
Em suma, o material se figura como o ciclo percorrido da água para descrever cada passo tecnológico adotado na era romana, a engenharia desenvolvida e os aspectos arquitetônicos criados na época e que são fontes de inspiração aos dias atuais. Com base na ideologia adotada pelos romanos, onde se frizava a importância de que ascoisas belas deveriam ser úteis, o trabalho foca a visão urbe presente e a consciência de organização populacional para suas cidades, dando a ênfase na distribuição da água.
Contudo, vide que o mundo atual caminhou por outro aspecto populacional, de forma desenfreada e sem organização, a qual se reflete no mau uso de seus recursos naturais e desperdício da água numa visão coletiva, nesta pesquisaé feito um comparativo das épocas relacionados ao impacto ambiental e as tecnologias adotadas.

1. HISTóRIA DA ARTE ROMANA

A arte romana se desenvolve durante os quase seis séculos que vão da terceira Guerra Púnica (146 a.C.) ao séc. IV d.C., quando perde a originalidade e dissolve-se na cristã-primitiva e na bizantina. Para sua formação contribuíram elementos gregos e etruscos –principalmente gregos, o que se explica pela conquista de toda a Itália, então sede de inúmeras colônias gregas, pelas legiões romanas (séc. III a.C.).
Os romanos, contudo, souberam adaptar tais elementos a seu gosto nacional, e forjaram um estilo que, muito embora derivado, não deixa de ser inconfundivelmente romano. Em Roma, subsistiram duas artes, uma de cunho oficial e nitidamente grega, outra de...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • CIDADE ROMANA
  • CICLO DA AGUA E CICLO DO NITROGENIO
  • Ciclo Hidrológico (Ciclo da Água)
  • Ciclo da água
  • Ciclo da agua
  • Ciclo da água
  • Ciclo da Agua
  • Ciclo da água

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!