O capital

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2171 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Doenças que afetam os intestinos grosso e delgado






• Síndrome de crohn
• diverticulite
• Colite ulcerativa
• Câncer
• hemorróidas


















Síndrome de crohn

A Doença de Crohn é uma doença inflamatória séria do trato gastrointestinal. Ela afeta predominantemente a parte inferior do intestino delgado (íleo) e intestino grosso (cólon), mas podeafetar qualquer parte do trato gastrointestinal.
A Doença de Crohn é crônica e provavelmente provocada por desregulação do sistema imunológico, ou seja, do sistema de defesa do organismo.
Ela inicia-se mais frequentemente na segunda e terceira décadas de vida, mas pode afetar qualquer faixa etária.Como a Doença de Crohn se comporta como a colite ulcerativa (em geral, é difícildiferenciar uma da outra), as duas doenças são agrupadas na categoria de Doenças Inflamatórias Intestinais (DII), Diferentemente da doença de Crohn, em que todas as camadas estão envolvidas e na qual pode haver segmentos de intestino saudável normal entre os segmentos do intestino doente, a colite ulcerativa afeta apenas a camada mais superficial (mucosa) do cólon de modocontínuo. Dependendo da região afetada, a Doença de Crohn pode ser chamada de ileite, enterite regional ou colite.
Para reduzir a confusão, o termo Doença de Crohn pode ser usado, para identificar a doença, qualquer que seja a região do corpo afetada (íleo, cólon, reto, ânus, estômNa Doença de Crohn, a dor abdominal e a diarreia frequentemente surgem após as refeições. São comuns doresarticulares (dores nas juntas), falta de apetite, perda de peso e febre. Outros sintomas precoces da doenças de Crohn são lesões da região anal, incluindo hemorróidas, fissuras, fístulas e abcessos.ago, duodeno).
Não existe exame específico para identificar as DII, mas os pacientes podem ser submetidos a radiografias com bário (da parte alta - trânsito intestinal ou da parte baixa - enemaopaco) ou retosigmoidoscopia (retossigmoidoscopia) e colonoscopia (tubo iluminado introduzido pelo ânus).
Não se conhece as causas exatas das DII. Sabe-se que não são transmissíveis e que ocorrem alterações das defesas do corpo nos portadores dessas doenças desencadeando o processo inflamatório.









Diverticulite

A diverticulite é constituída por bolsas e quistospequenos e salientes da parede interna do intestino (diverticulose) que ficam inflamados ou infectados. Esses quistos costumam ser encontrados no intestino grosso (cólon). Não se sabe exatamente o que causa a formação dessas bolsas ou quistos de diverticulose. Seguir uma dieta pobre em fibras é uma das causas mais prováveis. As pessoas queingerem principalmente alimentos processados, como muitos norte-americanos, não ingerem fibras suficientes em sua dieta. Alimentos processados incluem arroz branco, pão branco, a maioria dos cereais matinais, bolachas tipo água e sal e pretzels.Como resultado, é mais provável que ocorra constipação e fezes muito duras, causando esforço na passagem de fezes. Isso aumenta a pressão no cólon ou nosintestinos e pode causar a formação desses quistos.A diverticulose é muito comum. Ela é encontrada em mais da metade dos norte-americanos com mais de 60 anos. Somente uma pequena quantidade dessas pessoas desenvolverá diverticulite.A diverticulite é causada por pequenos pedaços de fezes que ficam presas nesses quistos, provocando infecção ou inflamação.As pessoas com diverticulose geralmente nãoapresentam sintomas, mas podem sentir inchaço e cólicas na parte inferior do abdome. Raramente, elas notam sangue nas fezes ou no papel higiênico.
Os sintomas da diverticulite são mais graves e geralmente aparecem subitamente, mas podem piorar em poucos dias. São eles:
• Sensibilidade, geralmente na parte inferior esquerda do abdome
• Inchaço ou gases
• Febre e calafrios
• Náusea e vômito
•...
tracking img