O cafe

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3020 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]



















































































SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 3
2 JUSTIFICATIVA 5
3 OBJETIVOS 7
4 METODOLOGIA 8
REFERÊNCIAS 14
ANEXOS 15

INTRODUÇÃO

O cafeeiro é uma planta natural da África. A sua fruta muito parecida com a do guaraná aqui noBrasil, era de aproveito pelos povos africanos a muitos tempo para a fabricação de bebidas. Partindo da África passou a ser usados pelos povo persas, destes aos árabes que começou a espalhar para o restante dos continentes a partir do século XV como um grande excitante. E logo suas sementes espalharam-se por toda a região do mundo islâmico. Com a grande aceitação do produto no comércio com osárabes, o café chega a Constantinopla e logo em seguida a Europa.
O consumo do café foi ganhando campo em seu consumo e foi se popularizando na Europa durante o século XVII e espalhando por todos os lados tanto no oriente quanto no ocidente.

A produção vinha da Arábia com poucas quantidade do produto que não atendia o consumo da população por causa da pequenas escalas que saia dausa plantação. Sendo então a cultura do café muito lucrativa, ela se estendeu por todos os lados do globo, mas a procura do café era muito maior do que a produção, gerando falta do produto no mercado.

Até o final do século XVII, o café vinha somente da Arábia, era conhecido como Moca, o nome da cidade de sua origem. Mais ou menos naquela época, os espertos holandeses mercadores, quepercebendo a crescente do consumo do produto e a sua demanda e as perspectivas de um grande aumento de consumo abriu um novo leque para um novo comércio, conseguiram torcer seu governo a experimentar a plantação de café nas possessões das Índias Orientais Holandesas. O governador da Ilha de Java vendo a sua aceitação no comercio tanto interno quanto externo incentivou a distribuição das sementespara várias partes da Ilha, e devido o solo ter uma fertilidade boa e as condições climáticas favoráveis, logo começaram as primeiras plantações em grandes escalas, por ser um solo apropriado para a planta houve um grande desenvolvimento.

De Java, o café espalhou-se para as Índias Ocidentais e finalmente para a América do Sul e Central, onde o clima era favorável ao rápidodesenvolvimento do cafeeiro.

Foram os franceses que começaram o plantio da planta do café em sua região, Antilhas que foi a premiada para o inicio do café na America e pelo seu crescimento econômico aqui na America. Sendo que pelas pesquisas encontrada a região norte do país brasileiro que foi a privilegiada, sendo ela o corredor do café para os demais estados do Brasil, sendo que no século XXo café era o produto que movimentava o país brasileiro até a queda das bolsas de Nova York (Estados Unidos), sendo que muitos produtores teve sua falência e muitas mortes e queima do produto por causa do valor do café.


A periclitante situação da economia cafeeira já era assunto obrigatório em quase todas as esquinas paulistanas. Com a diminuição das exportações e a queda nopreço do grão, chegam à ordem de centenas as empresas levadas a registrar falências e concordatas neste ano – apenas em setembro, foram 72, de acordo com o Correio da Manhã. Mas o amaldiçoado mês de outubro nos Estados Unidos tornou mais dramática a conjuntura do café no Brasil. Em primeiro lugar, ainda na quinzena inicial do mês, o preço do grão caiu 200 pontos em dois dias na Bolsa de Café eAçúcar de Nova York – de 19,25 dólares passou a 16,65. A queda vertiginosa no comércio futuro do café nacional foi explicada pelo vice-presidente da instituição, Benjamin B. Peabody, por "rumores inquietantes a respeito da situação do Brasil". Para completar o cenário funesto, o crash na Bolsa de Valores de Nova York, que colocou a economia americana à beira de um colapso, deve inviabilizar o...
tracking img