O brincar na educação infantil

Páginas: 5 (1070 palavras) Publicado: 6 de abril de 2011
UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO

ALUNA: LILIAN ARAÚJO BALEEIRO

CURSO: 4° PERÍODO PEGAGOGIA (EAD)

Se se enxerga tudo com os olhos da razão, já não é possível brincar. E se não se brinca, o que nos resta, então? (Leon Tolstoi)

TEMA:

O BRINCAR NA EDUCAÇÃO INFANTIL

OBJETIVO:

Esta pesquisa tem como objetivo principal entender e discutir importância dos jogos e brincadeiras naeducação infantil.

JUSTIFICATIVA:

Desde o semestre passado, quando tivemos uma disciplina sobre o brincar na educação infantil no módulo: “Os saberes docentes e o processo educativo”, fiquei encantada pelo assunto e procurei mais informações do mesmo, justificando assim a escolha deste tema para pesquisa, pela importância relevante com que essas atividades lúdicas ajudam a criança a construirseu conhecimento e contribuem para seu desenvolvimento integral associado ao prazer do brincar. A criança nessa faixa etária aprende brincando, enquanto brinca a ela desenvolve capacidades e valores como respeito mútuo, cooperação e aceitação do outro, além de desenvolver o pensamento crítico e tentar resolver pequenos problemas.

REFERENCIAL TEÓRICO:

Explanaremos algumas concepções dobrincar construídas ao longo da História e que vêm influenciando o modo como nós educadores/as concebemos o que é ser criança e, conseqüentemente, suas brincadeiras.

Na Antiguidade ela era vista como um ser sem ausência da razão. Os adultos compreendiam suas brincadeiras como atividades fugaz, própria de seres incapazes de compreender a realidade. Mas Aristóteles, que sendo muito observador,percebeu que as crianças facilmente se entregavam às brincadeiras. Na Idade Média, as crianças participavam de todas as situações cotidianas dos adultos, como trabalho, vestimentas, alimentação, etc. E assim também se aprendia a brincar. Assim como Aristóteles, Tomás de Aquino, nesse período, também via no brincar uma atividade de relaxamento e recreação.

Na Renascença e na Idade Moderna, muitasmudanças ocorreram na maneira de compreender a criança e o brincar. Com o avanço científico, em especial da medicina, as crianças passaram a ter uma perspectiva maior de vida e, com isto, foi preciso elaborar uma série de cuidados para com as mesmas, o que marcou o início de uma distinção entre mundo adulto e mundo infantil. Dois grandes pensadores se destacaram nesse período moderno: Locke e Rousseau.Para Locke, as crianças são como uma “tabula rasa” onde seriam impressas todas as aprendizagens. Nesse sentido cabia ao educador ensiná-la e elaborar recursos didáticos para o trabalho escolar. Via, portanto, a brincadeira como um artifício pedagógico, quer fosse ela uma atividade de relaxamento e recreação, quer fosse um recurso didático para seduzir as crianças às atividades escolares (Silva,2000, p. 15-16). Já Rousseau entendia a criança como uma “flor”, que trazia em si uma série de virtudes: espontaneidade, pureza, alegria, vigor... , virtudes estas que deveriam ser cultivadas. Nesse contexto, a brincadeira era vista como uma atividade inata, espontânea e livre, desvinculada do contexto social, o que a tornava um instrumento natural na educação das crianças pequenas, cabendo aoeducador ser o “facilitador” desse processo.

Chegamos à Idade Contemporânea, marcada pela expansão e o fortalecimento capitalista. Nesse período muitos estudos foram realizados sobre o brincar. Destaque especial para a psicanálise. Para Freud, o brincar é um meio para se conhecer as características do funcionamento psíquico do sujeito. Brincando é possível criar um mundo imaginário onde se possareelaborar situações desagradáveis vividas na realidade, o que leva aquele que brinca à produção do prazer.

Na psicologia encontramos Piaget, Vygotsky e Wallon, que consideram a criança como um ser que pensa e que, a partir de suas experiências e nas interações com outros sujeitos, vai criando e recriando uma série de idéias e teorias sobre o mundo físico e social, sendo a brincadeira atividade...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • o brincar na educação infantil
  • A Importância do Brincar na Educação Infantil
  • A importância do brincar na educaçao infantil.
  • O brincar na educação infantil
  • A importancia do brincar na educação infantil
  • O educar e o brincar na educação infantil
  • o brincar na educação infantil
  • a importancia do brincar na educação infantil

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!