O barulho dos jingles

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1487 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O barulho dos jingles

“ A música tem uma importância incrível”, diz Henry. “Já foi dito que a música detém pelo menos 50% do poder de um comercial de TV. Mais ainda, pode-se dizer que a música é o que há de mais emotivo no mundo. Todas as artes sonham em ser como a música. A música leva você a lugares onde nada mais o que apela aos sentidos consegue levar. Ela atinge profundamente o ladoemocional das pessoas.”
Música é uma coisa, mas o típico jingle de rádio é outra. Será que o comercial cantado é a forma de vida mais primitiva no reino da publicidade? Eis aqui alguns clássicos:

Brilcrem, apenas um pouquinho
Brilcrem você vai brilhar
Brilcrem é o melhor caminho
Para mil pequenas conquistar.

Só Esso dá ao seu carro o máximo
Só Esso dá ao seu carro o máximo...
Veja o queEsso dá...

Ao longo dos anos, a música de fato conseguiu gravar muitos temas de campanhas publicitárias em nossa mente. Marlboro e Coca-Cola são os primeiros exemplos que nos ocorrem. Aliás, Alberts cita o caso de um desastre aéreo ocorrido na Espanha: a caixa preta registrou a voz do piloto enquanto o avião caía. Sem pensar, ele começou a cantar um jingle do tempo em que tinha sete anos deidade.” Para a bebida esportiva PowerAde, sua agência criou um jingle que foi transmitido tão repetidamente durante um mês que até se tornou um “fator irratante” na mente dos esportistas na série seguinte de comerciais, subvertendo assim o processo de trabalho com jingles.
A música já fez muitos milagres no rádio. O primeiro comercial cantado transmitido pelo rádio nos Estados Unidos salvou daextinsão a famosa marca de cereais Wheaties. Diante de uma queda nas vendas, a General Miils já estava prestes a tirá-lo do mercado. Foi então que, na véspera de Natal de 1926, o Quarteto Wheaties cantou uma musiquinha chamada “Você já experimentou os Wheaties?”. E entrou para a história .
“Tanto quanto os outros publicitários, eu também não gosto de jingles cafonas; mas creio que o pêndulo acaboupendendo para o extremo oposto.” A música é um dos maiores trunfos da propaganda no rádio, afirma Paul Fishlock, e é por causa dela que grande parte do público escuta rádio. “A música pode fazer o papel das imagens no rádio. Uma pessoa que nunca ouviu conscientemente um anúncio pode, de repente, começar a cantar o jingle sem querer. Às vezes queremos ser tão sofisticados na maneira de usar amúsica que acabamos prejudicando a nós mesmos e ao cliente.”
Conrad acredita que tudo depende de saber se o jingle traz algo novo. “A série Verdadeiros Heróis Americanos da Bud Light é muito engraçada, e acho que também teve muito sucesso de público. Essa campanha levou o ouro no prêmio Clio.”
Para french, a música não é prioridade no rádio; para isso ele tem um toca-CDs. “Imagino que já fizeramjingles ótimos, mas não consigo me lembrar de nenhum. E se o rádio é música, de que forma um jingle pode se sobressair em meio a toda essa algazarra..?” A opinião de French é que o rádio é uma mídia mais complicada que as outras devido à diferenciação precisa do seu público. “Muita gente quando pensa em ‘rádio’ se esquece da atmosfera da estação. O anúncio deve depender inteiramente do tipo deestação em que será transmitido. Uma estação especializada em música country e western não é o lugar certo para um anúncio com rap, e vice-versa. Uma rádio FM com música clássica não é o lugar certo para uma paródia das Spice Girls, nem para vozes engraçadas. Aliás, não existe lugar adequado para vozes engraçadas...”
Hunt também critica os jingles. “Creio que os jingles ganharam má reputação porque amaioria deles era muito ruim. Creio também que às vezes comunicavam muito mal, pois não dava para compreender a maioria das palavras. Mas não há nada de errado em usar a música – ela pode exercer uma atração emocional muito poderosa, e reforçar a mensagem. Depois de fazer essa ressalva, eu diria que, como a maioria das estações de rádio só toca música e a maioria dos spots usa a música, eu,...
tracking img