O alfabetizar pelo letrar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (372 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O ALFABETIZAR PELO LETRAR

Muito fácil falar-se em alfabetizar, o ato de ensinar a ler e escrever. Difícil é letrar, digamos difícil, pelo contraditório modo em dizer: É simples Letrar.Letramento vai além do ler e escrever, letramento é compreender, é entender o que se esta lendo ou escrevendo, é relacionar-se com o mundo exterior. E por falar em relacionarem-se, umas das principaisconsequências do letramento é a influência que ele exerce no cognitivo e na linguística do indivíduo ou criança a ser alfabetizado (a). Consigo esta o enriquecer do intelecto, o seu desenvolvimento psicoe social, é tomar para si a escrita e suas práticas.
Hoje em dia acreditamos ser sim o papel da escola letras, sendo possível sim alfabetizar, liberando. Um detalhe é que a escola não precisa estarmais no bairro rico ou ter as maiores mensalidades para ensinar, para desenvolver suas Práticas Pedagógicas, o letrar pode estar logo ali, do outro lado da rua ou do bairro, pode estar dentro de casaou até mesmo trancado dentro de armários dentro da própria escola. Para ensinar, é preciso “abrir os armários” da ignorância e trabalhar com aquilo que tem usar a criatividade, que a alfabetização éconsequência e o letrar torna-se resultado.
Nós futuros educadores, temos que estar atentos aos preconceitos existentes aos alunos, pois ninguém aprende mais ou menos por ser rico ou pobre, ouentão por ser negro ou branco. O que nos deparamos hoje são Programas Sociais, Bolsas, Cotas,... Lançados e gerenciados pelo Governo Federal, Políticas Públicas criadas para mascarar as falhasgovernamentais – o preconceito ao educando. Na mesma mão vem professores conformados com a situação do ensino e até com a verdadeira situação de determinados alunos, no aguardo do “estalar de dedos” paraacordarem, saírem do estado de repouso - uma verdadeira inércia do ensino. O primeiro passo para se quebrar esse preconceito é superar certos estigmas, de que “fulano” é assim, “sicrano” é assim e irão...
tracking img