O agricultor

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1294 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Thomas Malthus

Publicidade
Economista e religioso inglês (17/2/1766-23/12/1834). Autor da teoria sobre a defasagem entre o crescimento populacional e o da produção. Nasce na cidade The Rockery e estuda no Jesus College de Cambridge. Em 1797 é ordenado sacerdote da Igreja Anglicana.
Escreve ensaios sobre a política de preços dos alimentos e a economia política a partir dessa época. Em 1798expõe suas ideias sobre aumento populacional na obra Ensaio sobre o Princípio da População. Com base em estatísticas, conclui que a miséria é consequência da desproporção entre o crescimento da oferta de alimentos e o da população.
De acordo com sua teoria, a produção de alimentos cresce em progressão aritmética, enquanto a população aumenta em progressão geométrica. Tal defasagem explicaria asguerras e as epidemias como recursos inevitáveis de redução da população. Malthus propõe o controle da natalidade e a restrição total da assistência social e médica à população, para restaurar o equilíbrio.
A tese é elaborada no começo do século XIX, início da Revolução Industrial, período em que os camponeses abandonam o campo para se transformar em operários na cidade, reduzindo a mão-de-obrado setor agrícola e afetando a oferta de alimentos nos mercados urbanos. Em 1805 passa a lecionar economia política em Haileybury, onde leva vida modesta como vigário anglicano. Morre em Saint Catherine.

|
|
Nascimento | 15 de fevereiro de 1766
Surrey, Inglaterra |
Morte | 23 de dezembro de 1834 (68 anos)
Bath, Inglaterra |
Influências | Influências[Expandir] |
Influenciados |Influenciados[Expandir] |
Escola/tradição | Malthusianismo |
Principais interesses | Política, Demografia, Economia, Macroeconomia |
Ideias notáveis | Teoria populacional malthusiana |
Thomas Robert Malthus (Rookery, perto de Guildford, 14 de fevereiro de 1766 — Bath, 23 de dezembro de 1834) foi um economista britânico. É considerado o pai da demografia por sua teoria para o controle doaumento populacional, conhecida como malthusianismo.[1]
Filho de um culto e rico proprietário de terras, amigo de Hume e Rousseau, terminou os estudos no Jesus College de Cambridge a partir de 1784, onde obteve um posto em 1793. Tornou-se pastor anglicano em 1797 e, dois anos depois, inicia uma longa viagem de estudos pela Europa. Casou-se em 1804 e, por isto, abandonou o posto de pastor.
Em 1805,foi nomeado professor de história e de economia política em um colégio da Companhia das Índias (o East India Company College), em Haileybury. Expôs suas idéias em dois livros conhecidos como Primeiro ensaio e Segundo ensaio: "Um ensaio sobre o princípio da população na medida em que afeta o melhoramento futuro da sociedade, com notas sobre as especulações de Mr. Godwin, M. Condorcet e outrosescritores" (1798) e "Um ensaio sobre o princípio da população ou uma visão de seus efeitos passados e presentes na felicidade humana, com uma investigação das nossas expectativas quanto à remoção ou mitigação futura dos males que ocasiona." (1803).
Tanto o primeiro ensaio - que apresenta uma crítica ao utopismo - quanto o segundo ensaio - onde há uma vasta elaboração de dados materiais - têm comoprincípio fundamental a hipótese de que as populações humanas crescem em progressão geométrica. Malthus estudou possibilidades de restringir esse crescimento, pois os meios de subsistência poderiam crescer somente em progressão aritmética. Segundo ele, esse crescimento populacional é limitado pelo aumento da mortalidade e por todas as restrições ao nascimento, decorrentes da miséria e do vício.
Suasobras exerceram influência em vários campos do pensamento e forneceram a chave para as teorias evolucionistas de Darwin e Wallace. Os economistas clássicos como David Ricardo, incorporaram o princípio da população às suas teorias, supondo que a oferta de força de trabalho era inexaurível, sendo limitada apenas pelo fundo de salários.
Para Malthus, assim como para seus discípulos, qualquer...
tracking img