O advogado

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1610 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
|O Advogado |
|Grisham, John. O Advogado; tradução de Aulyde Soares Rodrigues. Rio de Janeiro: Rocco, 1998. | 01 |
|Número da|Resumo[1]|
|página | |
| 05 |Michel Brock, jovem advogado muito talentoso, trabalha na gigantesca Drake & Sweeney na cidade de Washington - EUA. Em um dia de |
| |inverno, Michel, ao chegar em seu trabalho, depara-secom um homem negro de botas, malcheiroso e de óculos escuros – típico de quem|
| |vive nas ruas, os dois sobem o elevador. Ao chegar em seu andar, o advogado avisa a recepcionista e a pedi que chame os seguranças.|
| |Enquanto este se dirigia a sua sala, alguém grita que o homem está armado. Tentando se proteger, Michel entra na sala de |
| |conferências,que naquele momento, abrigava mais oito juristas. No entanto, o mais durão de todos, Rafter, abre a porta seguido do |
| |homem de botas. Oito advogados presos em uma sala, era exatamente isso o que ele queria, reféns. Após alguns minutos, o homem tira |
| |os óculos e suéter e coloca sobre a mesa. Debaixo de suas roupas havia uma fileira de botões, e ao que parecia serdinamites. Este |
| |começa a falar e afirma que não quer machucar ninguém. Delicadamente, Michel perguntou o que ele queria. O Senhor pede para que |
| |amarre todos pelos pulsos e mandou chamar “o chefe” e lhe informasse que ele estava armado e com bananas de dinamite em volta a |
| |cintura.|
|15 |Horas depois, o senhor faz algumas perguntas pertinentes aos salários dos advogados. Quanto ganha pelo mês de trabalho e quanto |
| |doam para a caridade. Sem respostas, o morador de rua, pedi que trouxesse as declarações de imposto de renda de todos os reféns. Ao|
| |analisa-las, o homem observa que osadvogados ricos gastam mais em café especial do que ele almoçando. Ao final do dia, ele mandou |
| |telefonar para o chefe novamente e avisar que estava com fome, pois queria comida, de preferência sopão com legumes. Enquanto |
| |esperam, todos ficaram em total silêncio. De repente, o sem-teto faz uma pergunta inesperada. “Quem são os que nos jogaram na rua?”|
| |Semsaber do que se tratava, a sala permaneceu em quietude. Próximo das sete horas da noite, a sopa de legumes chega. Outro |
| |advogado, Umstead, dá um passo para o corredor, onde estava o carrinho, ao puxa-lo o tiro explode. O senhor cai para trás, e Michel|
| |se enche de sangue e fluidos. Os demais levantaram correndo e foram até o encontro de seus familiares que osaguardava no primeiro |
| |andar. |
|43 |Michel fica muito transtornado com a situação, logo ele começa a procurar informações sobre a vida do meliante. No entanto, este |
| |descobre que o morador de rua tem uma relação com a empresa ondetrabalha o que justificaria o sequestro. Durante sua investigação,|
| |Michel conhece Mordecai Green, advogado de uma fundação de apoio jurídico aos sem-teto. “Mordecai Green era um homem cheio de calor|
| |e interesse humano que trabalhava nas ruas protegendo um número enorme de clientes anônimos. Sua visão da lei requeria mais alma do|
| |que eu jamais poderia ter.”...
tracking img