O adolescente e o mundo das drogas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1839 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]





















































































PROJETO: SEMINÁRIO DE AÇÃO SOCIAL JUNTO A CRIANÇA, ADOLESCENTE E TERCEIRA IDADE.

1. IDENTIFICAÇÃO
|Título do Projeto:|
|O Adolescente e o mundo das drogas |
|Instituição: Universidade Paulista |Sigla: UNIP |
|Curso: Serviço Social ||
|Disciplina: Ação Social junto à criança, adolescente e terceira Idade. | |
|Nome do Responsável: Rosange Menezes |
|Tipo: Organização Privada ||
|Endereço: Av. Mário Ypiranga, 4390 – Parque 10 de Novembro – Manaus – AM |Fone Fax: (92) 3643-3800 |
| |CEP: 69050-030 |
|E-mail: |Web page:|
|WWW.unip.br |http://www.unip.br |
|Realização do Projeto: Curso: Serviço Social - Disciplina: Ação Social junto a criança, adolescente e terceira Idade – 3º e 4º |
|Período.|
|Supervisão do Projeto: Professora Especialista Maria Glória Carvalho da Silva |


















2. CONSIDERAÇÕES GERAIS

A Universidade Paulista (UNIP) por meio do Curso de Serviço Social - Disciplina: Ação Social Junto a Criança, Adolescente e Terceira Idade promoverá, no dia 17 de novembro de 2011(quinta-feira), às 19h00, na Universidade Paulista – UNIP, Sala 2207, Bloco II - 2º andar, o Seminário: Adolescente e o mundo das drogas, visando despertar nos acadêmicos do curso e da UNIP a urgência pelo respeito à vida de todos os adolescentes que lidam com esta problemática.
O referido evento visa fazer uma reflexão a respeito da realidade dos adolescentes, na cidade de Manaus,apresentando alguns índices de adolescentes envolvidos com drogas e a busca de alternativas de enfrentamento às principais problemáticas que os envolvem, por meio de mecanismos de prevenção e intervenção social, encontrando no profissional de Serviço Social um importante aliado nas ações de conscientização da sociedade sobre os direitos e deveres para com essa população.


3. JUSTIFICATIVACulturalmente vivemos em uma sociedade que por um lado promove um conjunto de normas bem definidas, comportamentos rigidamente moldados e dogmas incontestáveis. Por outro, ostenta uma política de pretensa aceitação e acolhimento de toda uma cultura jovem. Este tipo de dualidade forja profundas desorientações no adolescente, de maneira que a cada tentativa de trazer as claras suas expressões renovadas,levanta-se contra ele um leque de pressões e imposições.
Minelli (2005) afirma que existem três aspectos desta transição que podem ser apontados: a mudança da relação com os pais, o estabelecimento de novas relações e a integração ao grupo de amigos. A emancipação aos pais é uma tensão entre duas forças opostas, o controle dos pais e o desejo do filho de libertar-se dele e alcançar sua...
tracking img