O acesso da classe c aos bens de consumo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2072 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SUMÁRIO
1 INTRODUÇÃO 3


2 DESENVOLVIMENTO .............................................................................................4


3 CONCLUSÂO ......................................................................................................... 8


4 REFERÊNCIA...........................................................................................................91 INTRODUÇÃO
Há muito reprimida por seus baixos salários e por uma dificuldade imensa de ascensão nas classes e, consequentemente, dificuldades em alcançar a maioria dos bens e serviços disponibilizados somente para as classes A e B, com maios poder aquisitivo, hoje finalmente, há a possibilidade de reverter esta realidade graças a uma série de acontecimentos que tiveram início nos anos90, com a abertura do país às importações e uma série de outras medidas, culminando atualmente com uma ampla abertura de empregos e créditos a quase toda a população brasileira. Vários são as possibilidades de inclusão das pessoas antes sem possibilidade nenhuma de se colocar como cidadão. As pessoas hoje conseguem cursos profissionalizantes com muito mais facilidade além da certeza de poderoptar por um curso universitário financiado ou até gratuito. O país tem investido muito em tecnologia e seus recursos naturais como água, petróleo e outros minerais tem dado sustentação a este otimismo que tomou conta do povo brasileiro. As classes se mobilizam finalmente e temos um grande deslocamento dos antes excluídos no mundo dos consumidores. A classe C tem crescido enormemente e temsurpreendido os economistas com seu incrível poder de consumo. Todos os seus sonhos vem à tona e o mercado se prepara como pode para atender a todos. Mais exigente e com muitos “anseios de ricos” em seus íntimos desejos esta classe tem tudo para ser a grande sustentadora do país em um cenário mundial desfavorável ao crescimento ou até auto sustentação.
2 DESENVOLVIMENTO
. Através depolíticas públicas de incentivos fiscais às empresas, construção de casas populares e apartamentos com incentivos financeiros, redução de impostos, redução nas taxas de juros às empresas e aos consumidores de baixa renda sem tantas exigências aos mesmos para garantir o acesso destes consumidores a esses benefícios as pessoas começam finalmente a ter acesso a muitos bens de consumo que não tinham antes;tudo isso foi uma tentativa de dividir um pouco a riqueza do país. Cerca de 90 milhões de brasileiros agora possuem renda familiar mensal entre R$ 1.115 e R$ 4.807 e se tornaram uma força tão poderosa que já é apontada por alguns especialistas como a classe dominante, no sentido econômico. Na opinião dos especialistas, o crescimento do poder aquisitivo da classe C só ocorreu graças ao aumento daescolaridade nos últimos 20 anos, ao controle da inflação com o Plano Real e ao acesso ao crédito nos últimos seis anos. Os programas de redistribuição de renda contribuíram para que nos últimos anos esses segmentos sociais tivessem chance de crescer economicamente, desmitificando a teoria econômica dos anos da ditadura de que era preciso fazer o bolo crescer para poder dividir. O governo atualdividiu a renda e o resultado foi que o país vem crescendo a olhos vistos. Nas crises financeiras é esse mercado interno que nos sustenta. Iniciativas como essas, somadas, representam melhoria da qualidade de vida para milhares de pessoas, já que a inscrição nesses programas representam o atendimento sócioassistencial de todos os membros do núcleo familiar – pai, mãe, avós, filhos – para que alcancem aautonomia financeira.
Desde a extinção do BNDES, na década de 80, que os brasileiros não contam mais com nenhuma forma de financiamento imobiliário que possibilitasse a grande maioria da população menos favorecida de ter acesso à compra de imóveis, passando este a ser seu maior sonho de consumo. Somente no primeiro semestre deste ano, com os recursos da caderneta de poupança, foram emprestados...
tracking img