“O acervo de obras raras e jornais da biblioteca pública benedito leite e seu papel de preservador do patrimônio cultural”

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2759 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Federal do Maranhão
Centro de Ciências Sociais
Departamento de Biblioteconomia
Curso Biblioteconomia
Disciplina: MPBCI

Djalda Muniz
Dulce Hirly

“O setor de obras raras e jornais da Biblioteca Pública Benedito Leite e seu papel de preservador da memória Cultural”

São Luís-Ma
2013

Justificativa:
O acervo de obras raras da BPBL, além de ser o maior em obras da memóriamaranhense, traz uma grande importância cultural. Sendo uma potência do poder publico, a BPBL é a maior fonte de informação da história do Maranhão e é também parte da história dele. Observa-se a priori, que durante o período que se encontrou fechado a BPBL, levantou grandes lamentações acadêmicas, em seus diferentes níveis, que estão tendo que fazer suas pesquisas sem a maior parte do acervo, jáque este não está digitalizado e disponibilizado por completo.
Jornais como o “O conciliador” (1° do Maranhão) servem de estudo para monografias, dissertações de mestrado e teses de doutorado e encontra-se nesse grandioso acervo. Com base nestas afirmações, o presente trabalho pretende mostrar o papel de preservador da memória cultural, de fonte de informação primária, bem como toda importânciado acervo de obras raras e jornais da BPBL. Entender de que forma o setor de obras raras da BPBL tem contribuído para a formação da memória cultural maranhense, quais são os objetivos dos pesquisadores ao usar este setor, quais são as temáticas mais procurados por eles? São as provocações que tivemos desde o período de estágio em história em que uma de nós estagiou, outra razão para trabalharmoseste tema, é que achamos que seria uma boa temática para lograr o mestrado em patrimônio cultural na Universidade Federal do Maranhão. Aproveitamos então a temática, pois acreditamos ser uma ótima oportunidade de pesquisa-la.
Objetivo Geral:
Estudar o Setor de Obras raras da BPPL- Biblioteca Pública Benedito Leite, e o seu acervo como local de preservação da memória cultural do maranhãoObjetivos específico:
-Descrever a formação do acervo de obras raras e jornais sua história;
-Abordar a sua utilização para a pesquisa de estudiosos de diversas áreas;
- verificar junto ao usuário os objetivos do uso do acervo.

Metodologia
Primeiramente o levantamento bibliográfico sobre o tema, verificar por meio da aplicação de questionário fechado aos usuários pesquisadores e aos funcionáriosquais materiais do acervo são mais pesquisados e em quais suportes. O uso de entrevista a alguns pesquisadores e funcionários responsáveis pelo setor.

Referencial teórico:
Comecemos por entender a missão da Biblioteca Pública no Brasil, segundo Miranda(1976, p. 1) é
[...]1) promover o idioma nacional e a indústria editorial; 2) fornecer publicações oficiais para informar os cidadãos sobresua participação em políticas públicas; 3) fornecer livros e outros materiais para o estudante (e o autodidata); 4) apoiar campanhas de alfabetização e fornecer livros adequados aos neo-alfabetizados; 5) ser depositária do acervo da inteligência e da história do município ou região; 6) prestar serviços de informação técnica, comercial e turística às firmas locais e aos cidadãos. Tais objetivos emetas seriam gradualmente atingidos segundo as disponibilidades locais e cada biblioteca, mesmo sendo parte de um sistema, determinaria a sua própria política.
Seguindo essa missão, a referencia sobre formação da BPBL- Biblioteca Pública Benedito Leite – a constituição de seu acervo de obras raras e jornais, tomamos a definição dada por Castro, Silva e Castellanos (2011, p.257, grifo nosso) que nosdizem que “em 29 de setembro de 1829, criou-se a Biblioteca Pública Provincial [futura Biblioteca Pública Benedito Leite] que foi aberta oficialmente ao público, somente, no dia 3 de maio de 1831.” Esta ocupou uma das salas do Convento do Carmo e tinha como acervo 1448 volumes, adquiridos com dinheiro arrecadado da subscrição popular e com doações dos ilustres ludovicenses, entre os quais se...
tracking img