N tenho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1681 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]
UNIVERSIDADE ANHANGUERA-UNIDERP
CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTANCIA
POLO DE APOIO PRESENCIAL PAU DOS FERROS/RN

Desafio de Aprendizagem

Pau dos Ferros
Outubro de 2011
[pic]
UNIVERSIDADE ANHANGUERA-UNIDERP
CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTANCIA
POLO DE APOIO PRESENCIAL PAU DOS FERROS/RN

Desafio de AprendizagemO trabalho foi realizado pelos alunos da Turma de Segunda e Quarta Feira, 4º Semestre, que servirá como meio de avaliação na Disciplina: Psicologia Social e Serviço Social, no curso de Serviço Social da Universidade Anhanguera- UNIDERP, pela Professora EAD: Karen Rojas

Pau dos Ferros
Outubro de 2011

SUMÁRIO

1-INTRODUÇÃO-----------------------------------------------------------------04
2- TEXTO---------------------------------------------------------------------------05
3- CONCLUSÃO ------------------------------------------------------------------08
4- COMPONENTES --------------------------------------------------------------09
5- REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS---------------------------------------10

04

1-INTRODUÇÃO

OMundo em que vivemos foi construido e formulado atraves da comunicação entre os seres humanos, que formularam grupos para poderem sobreviver e se interagir, mas alguns grupos procuravam ser mais valorizados do que outros e assim iniciou a desingualdade que existe ate hoje, e a mulher procurou conquistar aos poucos seu lugar na sociedade, mas os homens utilizavam a mulher como objeto e não davam oreal valor para elas.

05

2-Texto: A comunicação dos Grupos e status da Mulher

Historicamente a comunicação foi criada para poder facilitar nas relações sociais com os outros indivíduos de um mesmo grupo social. São varias formas diferentes de comunicação, que expressam múltiplas situações pessoais, interpessoais, grupais e sociais de conhecer, sentir e viver, que são dinâmicas,que vão evoluindo, modificando-nos e modificando os outros.
Há alguns processos de comunicação como: superficiais que expressam mais a exterioridade das coisas; profundos que relacionam o exterior com o interior, que desvendam quem somos, como pensamos, por que agimos de determinada forma; autênticos que expressam o que somos, até onde nos percebemos, que manifestam coerentemente a nossapercepção de nós mesmos e dos outros; inautênticos que não correspondem ao que percebemos, pensamos e sentimos, que servem a determinados propósitos, que podem levar-nos a deturpar a leitura que os outros fazem de nós; produzem mudanças que nos modificam e modificam outras pessoas; e enquanto outros processos não nos modificam, nos deixam onde estávamos, nos confirmam em nossos universos mentaispessoais ou grupais.
A comunicação contribui na formação de cada individuo da sociedade, pois através dela são repassadas informações importantes para construção do caráter de cada ser humano. Essas informações adquiridas na adolescência vão sofrendo alterações das quais restaram no seu comportamento na juventude de forma educada ou rebelde, violenta da forma em que o meio em que este vivepossa o transformar.
Se os responsáveis por sua educação e formação não forem bem capacitados e tiverem o interesse de coágulos a boas atitudes orientando-os e, psicologicamente deixá-los sadios, o seu futuro será comprometido.
Os adolescentes procuram andar em grupos e dentro deles se socializam acreditando em si, de forma a adotar estes como seus familiares e assim o fazem,separá-los significa problema, pois a tentativa de separação os transformar deixando-os agressivos (físicos ou verbalmente), já para a psicologia social o que o adolescente desenvolve não é apenas comportamento e ação, mas, crenças, valores e opinião.
A atitude pode ser formada de três partes: Cognitivo – conhecimento da pessoa sobre objetivo da atitude; componente afetivo – sobre o que a pessoa...
tracking img