N roda da fortuna

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2537 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Graduação em Design Disciplina: Semiótica aplicada ao Design

Análise do filme Na Roda da Fortuna: sob o ponto de vista da Teoria da Informação1

 
Descrição denotativa  

Na Roda da Fortuna é passado na cidade de Nova Iorque e começa a poucos segundos do ano novo
de 1958, no último andar do prédio da megacorporação Hudsucker. Na beira da janela do edifício, o executivo Norville Barnes seprepara para cometer suicídio.

A cena então é cortada e o filme retorna a um ano atrás para explicar toda a trajetória de Norville Barnes e seus motivos para cometer suicídio. Nesta cena, o atual presidente e dono da empresa Hudsucker se mata ao pular do 44º andar de sua empresa na frente de todos os seus acionistas. Entre esses acionistas está Sidney Mussburger, que propõe contratar umincapacitado para ser presidente da empresa, com o objetivo de fazer com que as ações da empresa caiam e assim eles possam comprá-las por baixo valor. Na cena seguinte inicia-se a história de Norville, um recém-formado, sem experiência, em busca de emprego, até que aparece um anúncio de jornal circundado com uma marca de copo de café na sua frente com uma oportunidade para trabalhar como mensageiro nasIndústrias Hudsucker. Ele, então, começa a trabalhar na empresa no mesmo dia em que o presidente da indústria, Waring Hudsucker, se suicida. Completamente perdido em seu primeiro dia, Norville acaba sendo encarregado de entregar uma assustadora “carta azul” ao acionista Mussburger. Porém, ao chegar em sua sala, fica nervoso, esquece de entregar a carta e mostra a ele sua idéia: um círculodesenhado em um papel e diz “para crianças”. Mussburger fica furioso por perder seu tempo com um idiota que, por sua vez põe o escritório de cabeça para baixo, fazendo-o parar no parapeito da janela. Norville o salva e, como Mussburger tivera a idéia de chamar um idiota para presidente, nomeia Norville.  Quando Norville assume a presidência, o plano começa a funcionar. Há uma grande queda nas ações daHudsucker. Mas enquanto isso, surge uma jornalista, Amy Archer, que começa a perceber que tem algo de estranho na presidência da grande empresa. Para tentar descobrir algo e conseguir uma grande matéria para o jornal no qual trabalhava, se aproxima de Norville, dizendo que também veio de sua cidade natal. Norville a contrata como secretária. Não leva muito tempo para Amy descobrir todo o plano dadiretoria. Mas, enquanto publica suas matérias, se aproxima cada vez mais de Norville, apaixonando-se. Enquanto as ações despencam sem freios, o “presidente idiota” apresenta para o conselho sua velha idéia do círculo “para crianças”. Era o bambolê! De início não fez sucesso, mas em algumas semanas conquistou toda a cidade, fazendo com que as ações subissem bruscamente e transformassem Norville em umimportante e famoso milionário. Mas, sem saber lidar com isso, ele se transforma num arrogante, rodeado de bajuladores e pára totalmente de ter idéias novas. Amy, já envolvida, tenta contar toda a verdade e alertá-lo sobre o perigo, mas ele não lhe dá ouvidos.

1 A Teoria da Informação foi formalizada nas primeiras décadas do século passado, com a finalidade de medir a quantidade de informaçãosuportável por um canal em determinada circunstância, dentro de uma perspectiva matemática. Nos anos 60, percebeu-se que seu instrumental, sem a rigidez da matemática, poderia ser abordada por outros campos, inclusive o da Comunicação. Distinguindo-se da significação, a análise informacional tem o objetivo de analisar quantas dúvidas uma mensagem elimina. “A informação surge como agente dissipadorde incertezas e cujo objetivo é provocar uma alteração no comportamento das pessoas” (Coelho Netto, 2003, p.120). O instrumental conceitual da Teoria da Informação (utilizado pelos alunos nesta análise) dá subsídios para o estudo que se propõe — a elaboração de uma dada mensagem e seu nível de audiência e recepção.

1

Sidney que, por sua vez, queria Norville como presidente, quer vê-lo...
tracking img