E.coli

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 22 (5405 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ESCHERICHIA COLI VEROTOXIGÊNICA EM ALIMENTOS: uma revisão
Cynthia Brasil da Nóbrega1, Maristela da Silva do Nascimento2

RESUMO
A Escherichia coli verotoxigênica é um patógeno emergente causador de doenças transmitidas por alimentos, o que constitui sérios problemas e prejuízos a saúde pública. Como agente causador de colite hemorrágica e síndrome urêmica hemolítica, é transmitido maisfrequentemente através de alimentos de origem animal como carne, leite e derivados contaminados. Entretanto, na última década, o índice de contaminação de produtos frescos de origem vegetal tem aumentado consideravelmente, somado as variações genéticas que vêm sofrendo as bactérias, como é o caso do sorotipo O104:H4 que provocou um grande surto na Alemanha em 2011. Este grupo de patógenos também possuia capacidade de formar biofilmes em vários tipos de superfície, representando um problema crítico para as indústrias de alimentos. Estudos têm sido publicados, mas pouco ainda se sabe sobre o grupo das E. coli verotoxigênicas. O presente artigo busca, através da revisão de trabalhos publicados sobre o assunto, apresentar informações sobre as características gerais das E. coli verotoxigênicas, comofatores de virulência e dados epidemiológicos, formação de biofilmes, além da adição de novos aspectos decorrentes da transferência horizontal de genes e mutação microbiana.

Palavras-chave: Escherichia coli verotoxigênica; doença transmitida por alimentos; síndrome urêmica hemolítica; O104:H4; biofilme; transferência horizontal de genes.

INTRODUÇÃO
A Escherichia coli (E. coli) é umabactéria gram-negativa pertencente à família Enterobacteriaceae, encontrada no trato intestinal de seres humanos e animais de sangue quente [1]. Sua classificação está dividida em seis grupos: enteropatogênica (EPEC), enterotoxigênica (ETEC), enteroinvasiva (EIEC), enterohemorrágica (EHEC) ou verotoxigênica (VTEC), enteroagregativa (EAEC) e de adesão difusa (DAEC). Algumas cepas, como E. coliverotoxigênica (VTEC), podem causar graves doenças transmitidas por alimentos [2].
As Eschechiria coli verotoxigênicas são reconhecidas como um dos mais importantes patógenos emergentes das últimas décadas, o que as torna um problema de saúde pública. Segundo a Organização Mundial de Saúde, 1.8 milhões de pessoas morreram em 2005 por contraírem doenças diarreicas, sendo grande proporção dos casosatribuídos a contaminação de alimentos e água potável [3]. É estimado que a VTEC O 157:H7 cause 73.000 doenças anualmente nos Estados Unidos e que os sorotipos não-O157 causem, pelo menos, 37.000 doenças [4].
A patogenicidade das cepas de VTEC estão associadas a uma série de fatores, incluindo a produção de várias citotoxinas, coletivamente chamadas de verotoxinas (VTs) [5]. Dentre os vários sorotipos deVTEC, o O157 é o mais comumente isolado em surtos envolvendo colite hemorrágica e síndrome urêmica hemolítica [6]. Apesar de sua incidência ser relativamente baixa, constitui sério risco à saúde, sendo, algumas vezes, fatal. Tem sido especialmente associada ao consumo de alimentos de origem animal como carnes, leites e produtos derivados, uma vez que rebanhos bovinos leiteiros e de corte são osprincipais reservatórios [7].
Atualmente a formação de biofilmes por E. coli na indústria de processamento de alimentos vem se tornando problemática, uma vez que microcolônias se instalam em superfícies de contato e resistem a higienização, ficando presentes na linha de produção [8]. Contudo, em 2011 novos aspectos chamaram a atenção mundial, a troca de material genético entre estas bactérias e aimprevisibilidade de suas consequências foram ressaltadas após o surgimento de uma nova linhagem do patógeno envolvida em surto na Alemanha [9].
Tendo em vista os problemas e prejuízos causados por esta bactéria a saúde pública, é de interesse e importância à comunidade científica rever as informações sobre o assunto e acompanhar o que tem sido escrito nos últimos 10 anos sobre a evolução...
tracking img