E alguns exemplos de certezas de senso comum e sua refutação pelas ciencias trabalhos escolares e acadêmicos prontos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1051 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
2. Explique brevemente a concepção racionalista de ciência.
 Na concepção racionalista, que vai dos gregos ao fim do século XVII, a ciência é definida como um conhecimento racional dedutivo e demonstrativo semelhante à matemática, capaz de provar a verdade necessária e universal de seus enunciados, sem deixar dúvidas. Envolve o modelo de objetividade da matemática.

3. Explique brevementea concepção empirista de ciência.
 Na concepção empirista, que vai da medicina grega e Aristóteles ao fim do século XIX, a ciência é definida como uma interpretação dos fatos baseados em observações e experimentos que permitem estabelecer induções e que, ao serem completadas, oferecem a definição do objeto, suas propriedades e suas leis de funcionamento. Envolve o modelo de objetividade da medicina gregae da história natural do século XVII.

4. Explique brevemente a concepção construtivista de ciência.
 Na concepção construtivista iniciada em nosso século, a ciência é uma construção de modelos explicativos para a realidade e não uma representação da própriarealidade. Envolve o modelo de objetividade que advém da ideia de razão comoconhecimento aproximado, que pode ser corrigido, modificado,abandonado por outro mais adequado aos fenômenos. Em resumo, esta ciência contemporânea julga que os fatos e os fenômenos novos podem exigir a elaboração de novos métodos, novas tecnologias e novas teorias.

5. O que significam as expressões: “hipotético-dedutivo” e “hipotético-indutivo”.
A expressão “hipotético-dedutivo” era a forma apresentada pela concepção racionalista, que definia o objeto e suasleis e disso deduzia propriedades, efeitos posteriores, previsões. A expressão “hipotético-indutivo” era a forma de concepção empirista, queapresentava suposições sobre o objeto, realizava observações e experimentos, chegando à definição dos fatos, as suas leis, as suas propriedades, os seus efeitos posteriores e a previsões.

6. Quais os princípios do ideal de cientificidade na concepçãoconstrutivista de ciência?
São três: a) que haja coerência, ou seja, não haja contradições entre os princípios que orientam a teoria; b) que os modelos dos objetos ou estruturas dos fenômenos sejam construídos com base na observação e na experimentação; c) que os resultados obtidos possam não só alterar os modelos construídos, mas também alterar os próprios princípios da teoria, corrigindo-a.

8. Quala diferença entre técnica e tecnologia?
Enquanto a técnica é um conhecimento empírico, que, graças à observação, elabora um conjunto de receitas e práticas para agir sobre as coisas, a tecnologia é um saber teórico que se aplica praticamente.

9. Explique as ideias de progresso e evolução científicos e a concepção de história pressuposta por elas.
Progresso e evolução são ideias recentes que partem dasuposição de que otempo é uma linha contínua e homogênea. Representam as crenças na superioridade do presente em relação ao passado e do futuro em relação ao presente. Enquanto o progresso significa a ida num rumo cada vez melhor, na direção de uma finalidade superior, por outro lado, a evolução significa tornar-se superior e melhor do que era antes. Em síntese,progressoe evolução pressupõem continuidade temporal, acumulação causal dos acontecimentos, superioridade do futuro e do presente com relação ao passado, existência de uma finalidade a ser alcançada. A concepção de história pressuposta por elas é semelhante à que a biologia apresenta quando fala em germe, semente ou larva. Estes são entes que contêm em si mesmos tudo o que lhes acontecerá, ou seja, o futuro já está contido no pontoinicial de um ser cuja história ou cujo tempo nada mais é do que o desdobrar ou o desenvolver pleno daquilo que ele já era potencialmente.
11. Que significam as expressões “ruptura epistemológica” e “obstáculo epistemológico”,criadas por Gaston Bachelard para se referir às mudanças científicas?Ruptura epistemológica
Significa que, para superar um obstáculo epistemológico, o cientista ou o...
tracking img