D.dinis

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1713 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
D. Dinis

Português

Prof:



2012/2013

Índice

Introdução 3
Biografia de D. Dinis 4
Análise do poema 6
D. Dinis 6
Canto III 8
Estrutura externa 10
Estrutura interna 10
Estilo e linguagem 10
Conclusão 11
Bibliografia 12

Introdução

Este trabalho foi proposto no âmbito da disciplina de Português pela professora.
Este trabalho é para avaliação. Acho um bom tema.Este trabalho é para que possamos aprender mais sobre os nossos trabalhos individuais e para podermos ter criatividade nas nossas apresentações.
Vou começar a falar da vida de D. Dinis e depois fazer analises dos poemas e do canto III d´Os Lusíadas.

Biografia de D. Dinis
O rei D. Dinis foi o sexto rei da Primeira Dinastia, chamada Afonsina porque começou com o D. Afonso Henriques. D. Dinisgovernou Portugal de 1279 a 1325. Reinou durante 46 anos!
A esperança de vida nesta época era mais ou menos de 50 anos...
"D. Dinis fez tudo o que quis", é uma expressão muito verdadeira. Começou o seu reinado com 18 anos e era muito responsável, pois foi educado desde sempre para governar.
Uma das primeiras coisas que fez foi instaurar as chamadas Inquirições (não confundir com a Inquisição!).Esta medida não deixou o clero e a nobreza nada felizes, mas o rei não se importou.
Cada rei tinha um cognome, uma espécie de alcunha pela qual ficavam conhecidos. D. Dinis era "O Lavrador".

Era assim chamado por duas razões:
* Desenvolveu a agricultura, dando terras para cultivar a quem não tinha (mas apenas se as trabalhassem) e por transformar zonas de pântanos em terras próprias para aagricultura.
* Mandou plantar o famoso pinhal de Leiria. Aliás, a verdade é que apenas substituiu os pinheiros mansos que já existiam por pinheiros bravos, de melhor crescimento e raízes mais fortes. Assim preveniu a erosão. Para aumentar o comércio, D. Dinis promoveu as feiras francas, onde os comerciantes não pagavam determinados impostos. Por exemplo, não pagavam portagens, que já na alturaeram caras.
Também ajudou a incentivar o comércio com outros países e protegeu a exportação para a Europa de produtos agrícolas, peixe e sal (que tínhamos muito), em troca de tecidos.
As ordens religiosas militares passaram a depender do rei, e foram substituídas pela Ordem de Cristo, que depois seria muito importante nos Descobrimentos.
Na cultura também foi um dos reis que se distinguiumais. Além de ser poeta, protegia os nossos escritores e fazia com que se guardassem todos os seus escritos no Estudo Geral de Lisboa.
Por outro lado, fundou a Universidade de Coimbra, que foi durante muitos anos a única em Portugal! Foi a partir do seu reinado que todos os documentos passaram a ser escritos em português, antes era tudo escrito em latim.
D. Dinis foi muito inovador. Infelizmentenem todos concordavam com as suas ideias o que levou a algumas guerras com o irmão, o rei de Castela, e mesmo com o seu filho mais velho.
Quem tentava sempre acabar com estes problemas era a rainha Santa Isabel, uma mulher muito religiosa e que se dedicava a ajudar os pobres e os inocentes. Dizia-se que fazia milagres, dos quais o Milagre das Rosas é o mais conhecido.
D. Dinis nasceu em Santarém,em 1261, e morreu na mesma cidade em 1325. Foi sepultado no Mosteiro de Odivelas. Era filho de D. Afonso III e de D. Beatriz.

Análise do poema
D. Dinis
Na noite escreve um seu Cantar de Amigo
O plantador de naus a haver,
E ouve um silêncio múrmuro consigo:
É o rumor dos pinhais que, como um trigo
De Império, ondulam sem se poder ver.

Arroio, esse cantar, jovem e puro,
Busca ooceano por achar;
E a fala dos pinhais, marulho obscuro,
É o som presente desse mar futuro,
É a voz da terra ansiando pelo mar.

Na primeira estância o sujeito lírico imagina D. Dinis a compor um cantar amigo. Estamos diante do rei poeta. No segundo verso já é o lavrador que emerge. A expressão “Ouve um silêncio murmuro consigo”, contendo um oximoro que realça a atitude meditativa do rei, ao...
tracking img