A vulnerabilidade social

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5250 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de outubro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
Risco ou vulnerabilidade social?
Social vulnerability or risk?

ROSANE JANCZURA*


RESUMO – Neste artigo abordam-se, em primeiro lugar, as definições de risco e vulnerabilidade, afirmando
que ambas só podem ser entendidas quando associadas a diferentes contextos histórico-sociais e a
diferentes áreas científicas que as desenvolveram para dar conta de seus objetos. Em segundo lugar, édefendida a ideia de que são conceitos distintos, mas intrinsecamente relacionados, pois, enquanto risco se
refere às condições fragilizadas da sociedade tecnológica contemporânea, vulnerabilidade identifica a
condição dos indivíduos nessa sociedade. Finalmente, concorda que a sociedade pós-industrial é uma
sociedade de risco, principalmente pelos efeitos que a tecnologia e a globalizaçãoeconômica produziram.
Palavras-chave – Risco social. Vulnerabilidade social.
ABSTRACT – The subject of this article is the concepts of risk and vulnerability. It asserts that they can only be
understood when associated with different social and historical contexts and with the different scientific
areas that have developed them to deal with their objects. Secondly, it supports the idea that they aredistinct concepts, but intrinsically related, because, while risk is related with distressed conditions of
contemporary technological society, vulnerability identifies the condition of individuals in that society. Finally
it shows that the post-industrial society is a society at risk, mainly by the effects that technology and
economic globalization have produced.
Keywords – Social risk.Social vulnerability.

*

Doutora em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), professora na Universidade
Federal de Santa Maria (UFSM), Santa Maria – RS/Brasil. E-mail: rojanczura@yahoo.com.br
Submetido em: setembro/2012. Aprovado em: dezembro/2012.

Textos & Contextos (Porto Alegre), v. 11, n. 2, p. 301 - 308, ago./dez. 2012 |

Rosane Janczura
302H

á várias maneiras de definir os conceitos de risco e de vulnerabilidade social, devido às diversas
áreas de conhecimento que fazem uso deles, porém, a abordagem dá-se através de perspectivas
diferenciadas. Constata-se, primeiramente, que há uma discussão em torno da gênese do
conceito de risco e seu uso (FRANÇA et al., 2002; YUNES; SZYMANSKI, 2001), que apresenta-se em váriasdisciplinas do campo das Ciências Naturais e Exatas (por exemplo, Biologia e Ecologia) e, em particular,
das Ciências da Saúde (Medicina, Epidemiologia) e das Ciências Sociais e Humanas (Economia, Sociologia,
Política, Psicologia). Essas aplicações dos conceitos tiveram implicações para pesquisas e práticas em
relação à infância e adolescência, pois o risco como conceito parte do discurso linguístico,tem-se
constituído na trajetória histórica e cultural das sociedades e deve ser sempre pensado como processo e
não como variável em si (FRANÇA et al., 2002; YUNES; SZYMANSKI, 2001).
Por isso, abordam-se, em primeiro lugar, as definições de risco e vulnerabilidade que só podem
ser entendidas como um processo associado a diferentes contextos histórico-sociais e a diferentes áreas
científicas queas desenvolveram para tratar seus objetos. Não se pretende, entretanto, por uma questão
de limitação da análise, fazer exame exaustivo da trajetória do uso dos conceitos em questão.
Em segundo lugar, é defendida a ideia de que, por um lado, tem havido uma confusão no uso dos
conceitos de risco e vulnerabilidade e, por outro, alguns autores concentram-se mais no conceito de
risco, enquantooutros, no de vulnerabilidade. A necessidade de esclarecimento conceitual evidencia-se
no uso que os órgãos governamentais fazem destes conceitos, como, por exemplo, o que se constata na
Política Nacional de Assistência Social (BRASIL, 2004).
Essa política, apesar de evoluir em muitos sentidos, não traz uma conceituação de
vulnerabilidade social, nem mesmo de risco social, de maneira clara....