A violencia contra as mulher

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3673 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
es
A VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

CENA, Jaira Morais de. DELFINO Francisca Gerlane. GOMES Karla Mayara Costa RAMOS, Soraya Modesto Batista



RESUMO


A proposta desse presente artigo é analisar a violência cometida contra as mulheres, de modo que possa haver uma intervenção na realidade vivenciada. Realizou-se um levantamento bibliográfico que possibilitou um entendimento mais profundo arespeito da Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, A Lei Maria da Penha e a Delegacia de Defesa da Mulher, sendo que para tanto foi necessário primeiramente discorrer sobre o tema abordado de acordo com Cunha (2008), Izumino (1998), Scott (1990), Suárez e Bandeira (1999), Saffioti (2005), Santos (2001) e Brasil (2001/2006). O estudo aponta para as agressões físicas e psicológicas entreagressores e vítimas onde as principais causas para os atos agressivos continuarem acontecendo é o fato de as mulheres agredidas terem medo de denunciar, tornando os agressores impunes alimentando seus egos de superioridade, além de direcionar também para uma solução da problemática por meio da aplicação, compromisso e força de vontade da população.



PALAVRAS-CHAVE: Mulher; Violência;Agressão.


















INTRODUÇÃO


A violência contra mulheres, infelizmente é um fato social que vem se agravando cada vez mais em muitos ambientes sejam eles familiares ou não, e que conseqüentemente estão levando a classe feminina a um cenário de vulnerabilidade, onde a delicadeza, sensibilidade e indefesa do sexo feminino dão margens a brutalidade e ignorância deagressores que se aproveitam dessa fragilidade para cometerem os mais absurdos atos de violência que não se restringe a um certo meio, não escolhendo raça, idade ou condição social, o que desperta o interesse para um estudo mais profundo desse tema, promovendo sua elucidação de modo que possa haver uma intervenção no problema, tornando-se um documento relevante não só para a superação dasdificuldades encontradas no cenário social brasileiro como também para os casos que se encontram particularizados .
Com o propósito de contribuir com o desafio de encontrar caminhos que possibilitem a reduzir ou até mesmo sanar os atos violentos contra a mulher, se faz primordial, inicialmente, a análise do conhecimento já produzido acerca dessa temática. E é nessa direção que se encaminha aproposta deste estudo: analisar a violência cometida contra as mulheres, na busca de compreender quais os motivos que levam os agressores a cometerem os delitos. Portanto o presente artigo pautado em levantamento bibliográfico apresenta como perspectiva final oferecer, informações e orientações que auxiliem principalmente as mulheres em como agir caso venham passar por essa situação humilhante eviolenta.
O presente trabalho fará uma abordagem a cerca da Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher, assim como enfocará discussões a cerca da Lei Maria da Penha e das Delegacias de Defesa da Mulher.
Na linguagem jurídica, violência é uma coação, ou forma de constrangimento, posto em prática para vencer a capacidade de resistência de outrem, ou a levar a executá-lo, mesmo contraa sua vontade. É igualmente, ato de força exercido contra as coisas, na intenção de violentá-las, devassá-las, ou delas se apossar.
Qualquer conduta - ação ou omissão - de discriminação, agressão ou coerção, ocasionada pelo simples fato de a vítima ser mulher com a troca de ameaça de morte ou qualquer outro mal, feitas por gestos, palavras ou por escrito, são considerados atos deviolência, não importando se o espaço seja público ou privado.


As mulheres por serem consideradas inferiores ao homem desde os tempos mais remotos sofrem com as violências desencadeadas pelo mesmo por achar que têm o direito de impor suas vontades a elas, e tudo isso está condicionado à maneira como a sociedade dá mais valor ao papel masculino.




2 MULHER: ALVO DA VIOLÊNCIA...
tracking img