A vida e as coisas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (296 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Entre as leituras deste mês, dei uma olhada nesta coletânea de artigos que conta com etnografias sobre o consumo de tecnologias em espaços domésticos (celulares, aparelhos de televisão,computadores etc.). A Abertura do livro "Forewords: The Mirror of Technology" foi escrita por Marilyn Strathern e traz algumas reflexões interessantes sobre o consumo de tecnologias, além de umpanorama crítico sobre os artigos que compõe o volume.

The local "culture" turns these global itens into manifestation of the "local" culture!
Começa a autora. A experiência individual, nestecaso, parece funcionar como um tipo similar de conversão. cada pessoa individual é, nesse sentido, a cultura de um só. Assim, a casa contextualiza o "comportamento" das tecnologias enquantoobjetos que também habitam os lares, ocupam seu próprio espaço dentro de um espaço doméstico, torna-se parte da dinâmica da vida cotidiana e das relações familiares.
Essas tecnologias podem setornar fundamentais para a dinâmica dos relacionamentos familiares, mas não são elas mesmas a razão destes relacionamentos, já que estes objetos lidam com aquilo que já está lá, com o que já deuforma à vida das pessoas. Eles são "domesticados" para finalidades tanto culturais, quanto sociais.

Um dos temas recorrentes do livro é que as tecnologias são descritas como aquelas querecebem significados sociais. Assim, longe de aumentar o isolamento das pessoas umas com as outras, as tecnologias da comunicação podem reforçar a sociabilidade. Elas não apenas se encaixam nascondutas das relações sociais, mas parecem dar às pessoas a sensação de que existe mais interação (sociabilidade) do que, de fato, há. Juntos, os artigos deste volume questionam o determinismo deque as pessoas sejam passivos recipientes de produtos. Os autores mostram como esses itens são domesticados na sociabilidade da família e moldados pelas complexidades das interações familiares.
tracking img