A vida, a morte e o amor.

Páginas: 11 (2641 palavras) Publicado: 23 de abril de 2014









“Aja como se o que você faz fizesse diferença, porque faz.”
William James
Cabeçalho.
Escola Técnica Estadual João Luiz do Nascimento (ETEJLN).
Disciplina: Filosofia.
Professor: Evandro Justiniano.
Aluna:Thainá Faria.

Tema: A vida, a morte e o amor.O amor é meio de o homem se realizar como pessoa!
Karl Marx.
Índice.
Introdução____________________________________ Página 4.
Vida na Idade Antiga____________________________ Página 5.
Vida na Idade Média ____________________________ Página 6.
Vida na Idade Moderna _________________________ Página 7.
Vida na Idade Contemporânea ___________________ Página 8.
Amorna Idade Antiga _________________________ Página 9.
Amor na Idade Média _________________________ Página 10.
Amor na Idade Moderna _______________________ Página 10.
Amor na Idade Contemporânea __________________ Página11.
Vida Segundo a Visão de Deus __________________ Página 12.
Morte Segundo a Visão de Deus __________________ Página13.
Amor Segundo a Visão de Deus __________________ Página14.
Conclusão ___________________________________ Página 15.
Fonte de Pesquisa ______________________________Página 16.






“Uma mudança sempre deixa o caminho aberto para outras.”
Nicolau Maquiavel.
A Vida, a Morte e o Amor.Introdução.
Esse trabalho trata-se basicamente de três assuntos a vida, a morte e amor. Diante do ponto de vista de diferentes filósofos de épocas diferentes (Idades: Antiga, Média, Moderna e da Contemporânea), e também segundo a visão de Deus. Mas primeiro saberemos o que é o amor, a vida e a morte de forma sucinta.
Vida: Pode significar o espaço de tempo entre o momento da concepção até a morte. Parater vida, um ser vivo precisa crescer, metabolizar, se movimentar, reproduzir ou não, e responder a estímulos externos.
Morte: A morte é o cessamento permanente das atividades biológicas necessárias à manutenção da vida de um organismo, como ao estado desse mesmo após o evento.
Amor: O amor é um sentimento multifocal. É, segundo a psicologia, uma confluência de paixão, intimidade e união. Estáligado a numerosas emoções e influencia os comportamentos.
Agora veremos o que cada um dos citados acima considera e entender cada um desses assuntos com suas frases e pensamentos.









“Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro;
a real tragédia da vida é quando os homens têm medo da luz.”
Platão.
Vida na Idade Antiga.
Segundo Heráclito de Éfeso:
“Trata-sede uma única e mesma coisa: a vida e a morte, a vigília e o sono, a juventude e a velhice; pois a mudança de um leva ao outro e vice-versa.”
“Imortais, mortais; mortais, imortais. A vida destes é a morte daqueles, e a vida daqueles a morte destes.”
Segundo Demócrito de Abdera:
“A vida má, sem moderação, desprovida de entendimento e de respeito pelo sagrado não é uma vida má, mas um morrerlentamente.”
“Há pessoas que trabalham como se fossem viver eternamente.”
Segundo Platão:
“Uma vida não questionada não merece ser vivida.”
“Calarei os maldizentes continuando a viver bem; eis o melhor uso que podemos fazer da maledicência.”
“Devemos aprender durante toda a vida, sem imaginar que a sabedoria vem com a velhice.”
Segundo Zenão de Cítio.
“O sentido da vida consiste estar de acordocom a natureza. ” 
“A felicidade é o bem fluir da vida. ” 




"O sábio fala porque tem alguma coisa a dizer;
o tolo porque tem quer dizer alguma coisa."
Platão.

Vida na Idade Média.

Segundo São Tomás de Aquino:
“Há de se notar que um indivíduo, vivendo em sociedade, constitui de certo modo uma parte ou um membro desta sociedade. Por isso, aquele que faz algo para o bem ou...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Morte e Vida do Amor Romântico
  • Amor e morte
  • morte e vida
  • Morte E Vida
  • Vida e morte
  • Vida Morte
  • a vida e a morte
  • Vida e Morte

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!