A vida do apostolo paulo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4904 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
çA vida do Apostolo Paulo

INTRODUÇÃO

Judeu, fariseu, encontrado pela primeira vez no livro de Atos com seu nome hebraico – Saulo (Atos 7:58 ; 13:9 ). Nasceu em Tarso, Cicília, cidade localizada na Ásia Menor (atualmente sul da Turquia). Provavelmente nasceu uns dez anos depois de Cristo, pois é mencionado como “um jovem”, na ocasião do apedrejamento de Estevão (Atos 7:58). Seu pai semdúvidas era judeu, mas comprou ou recebeu cidadania romana. Por essa razão, Paulo mais tarde utilizou desse direito por nascimento. Por isso, apelou para ser julgado em Roma pelo próprio imperador César (Atos 22:25). A despeito de sua cidadania, ele foi criado numa família judaica devotada, da tribo de Benjamim. Recebeu uma instrução cuidadosa na lei judaica e tornou-se fariseu. Também descreveu a simesmo como “hebreu de hebreus”. Foi criado de acordo com o judaísmo e circuncidado no oitavo dia de vida: portanto, era zeloso na obediência da cada ponto da lei mosaica (Fp. 3:5,6).
Paulo era tão zeloso da lei e de sua fé que, em certa época de sua vida, provavelmente no início da adolescência, viajou para Jerusalém, onde foi aluno do mais famoso rabino de sua época. Posteriormente, disse aoslíderes judeus: “E nesta cidade criado aos pés de Gamaliel, instruído conforme as verdades da lei de nossos pais, zeloso de Deus, como todos vós hoje são” (Atos 22:3).
Todos os mestres judaico exerciam determinada função para sobreviver; por isso, não é de admirar que esse líder religioso altamente educado aprendesse também uma profissão com o seu pai. Paulo era fabricante de tendas (Atos 18:3) eocasionalmente a Bíblia menciona como exerceu essa função para se sustentar ( I Co. 4:12; 2 Ts. 3:8: etc.) . Existem amplas evidências nessa e em outras passagens de que ele trabalhava, para não impor um julgo sobre as pessoas entre as quais desejava proclamar o evangelho de Cristo (I Co. 9:16-19). Além disso, dada a maneira como os professores itinerantes e filósofos esperavam ser sustentado pelaspessoas com alimentos a finanças, Paulo provavelmente não desejava ser considerado mais um aventureiro (I Ts. 2:3-6).
A VIDA E AS VIAGENS DE PAULO
Com a educação que possuía e a profissão de aceitação universal, é bem provável que Paulo já tivesse viajado bastante antes de se tornar cristão. Com certeza era fluente nas línguas grega, hebraica, latina a aramaica. É mencionada pela primeira vez emAtos, como responsáveis pelas vestes das multidões que apedrejavam Estevão até à morte por causa da sua fé e seu compromisso com Cristo e o desejo de promover o Evangelho. “Também Saulo consentia na morte dele” (Atos 8:1).
Perseguidor dos cristãos. A partir da morte de Estevão, uma grande perseguição se levantou contra os seguidores de Cristo. As atividades zelosas de Saulo, como judeu,levaram-no a unir-se aos perseguidores. Não precisou ser forçado, mas ofereceu voluntariamente seus serviços aos líderes judaico de Jerusalém. Sua perseguição foi tão violente que a Bíblia diz: “Saulo assolava a igreja, entrando pelas casas e, arrastando homens e mulheres, os encerrava na prisão” (Atos 8:3; I Co. 15:9; Fp. 3:6). Em Atos 9:1, lemos que: “Saulo, respirando ainda ameaças e mortes contra osdiscípulos do Senhor”, pediu ao sumo sacerdote que lhe desse cartas, para que as levasse à sinagoga de Damasco, na Síria, a fim de também estabelecer a perseguição naquela cidade.

A conversão de Paulo. A caminho de Damasco, uma luz muito forte brilhou no céu ao redor dele, e fez com que ele caísse por terra e ficasse cego. Enquanto isso, uma voz lhe disse: “Saulo, Saulo, por que me persegues?”Atônito, ele perguntou: “Quem és tu, Senhor?” A resposta que recebeu deixou-o realmente surpreso a apavorado: “Eu sou Jesus, a quem tu persegues” (Atos 9:4,5). Cristo então lhe disse que entrasse em Damasco e aguardasse outras informações. Saulo esperou três dias, sem comer nem beber, na casa de Judas, onde aguardou a visita da Ananias Esse tempo sem comer nem beber provavelmente foi um jejum...
tracking img