A viabilidade da “desterceirização” (outsourcing reverse): um estudo de caso sobre reciclagem de componentes poluentes (baterias automotivas)

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4410 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A VIABILIDADE DA “DESTERCEIRIZAÇÃO” (OUTSOURCING REVERSE): UM ESTUDO DE CASO SOBRE RECICLAGEM DE COMPONENTES POLUENTES (BATERIAS AUTOMOTIVAS)


Contato: ELVIS ANTONIO BIM – Elvis@bim.cnt.br


Autores

AUREO SILVA CASTRO
Pós Graduado em Contabilidade e Controladoria
Rua Serra da Esperança, 538 – Londrina – Paraná – Brasil – CEP 86065-090 – Telefone - 55-43-3338-1057Áureo.castro@gnbbaterias.com.br

ELVIS ANTONIO BIM
Professor Assistente – Universidade Estadual de Londrina
Rua Paranaguá, 539 – Apto 704 – Centro – Londrina – Paraná – Brasil- CEP 86020-030 – Telefone - 55-43-3322-1504
elvis@bim.cnt.br.




















A VIABILIDADE DA “DESTERCEIRIZAÇÃO” (OUTSOURCING REVERSE): UM ESTUDO DE CASO SOBRE RECICLAGEM DE COMPONENTES POLUENTES (BATERIASAUTOMOTIVAS)


Tipo: Apresentação

Autores

AUREO SILVA CASTRO ELVIS ANTONIO BIM
Investigador Investigador
UEL – Universidade Estadual de Londrina
(Brasil) (Brasil)


VANDER BARBIERI MOSCARDINI
Investigador
(Brasil)


RESUMO


Passado o primeiro impulso mundial à terceirização, muitas empresas – entre elas a indústria de baterias automotivas, se depararam com resultadosnulos, ou mesmo negativos, frente a adesão a esta estratégia, que a princípio alardeava tantas vantagens. As empresas iniciaram processos de avaliação da terceirização, pois no primeiro momento o que parecia vantajoso tornou-se um custo adicional para elas. Como alternativa para reverter o quadro negativo e gerar lucratividade, um levantamento da viabilidade da “desterceirização” do setor dereciclagem de baterias da empresa mostrou, através de análises comparativas de questões tributárias, ambientais e financeiras, que a criação de uma filial para incorporar este ramo de atividade seria uma estratégia muito mais vantajosa no contexto atual.


1 - INTRODUÇÃO
O universo empresarial é um complexo formado por inúmeras variáveis, algumas delas de possível previsão e planejamento, outras,imprevisíveis. No cenário atual a maioria das empresas enfrenta dificuldades de sobrevivência, conseqüência de variados motivos, que incluem a falta de planejamento, a alta competitividade do mercado em si, a conjuntura social, política ou econômica em que estão inseridas, e a dificuldade de acompanhar as grandes mudanças tecnológicas e geo-econômicas dos últimos anos.
Neste contexto, as empresasbuscam diferentes soluções administrativas – internas e externas – para acompanhar e, sobretudo, sobressair-se, às exigências do mercado, um trabalho que implica incansável busca pela eficiência e qualidade, com o menor custo possível.
Entre as estratégias encontradas para impulsionar a competitividade das organizações, uma alternativa que virou tendência nos últimos dez anos foi o repasse deserviços ou de produtos para empresas terceirizadas. As vantagens alardeadas no processo de terceirização – como a possibilidade de reduzir custos fixos e concentrar forças no ramo de atividade principal – foram os grandes atrativos deste movimento, que foi eficiente para algumas empresas e ineficiente para outras.
Aquelas organizações que aderiram ao processo sem um planejamento e uma análisedetalhada da sua realidade, depois de alguns anos de experiência, concluíram que a terceirização não trouxe benefícios, e em alguns casos, acabou gerando prejuízo.
Diante desta realidade, muitas empresas se viram obrigadas a reavaliar o modo de gestão, buscando novas alternativas para alcançar a lucratividade. Nos últimos anos, algumas se encontram em fase de planejamento ou já aderiram ao processoinverso – a “desterceirização” – como solução para reverter os malefícios ocasionados pela terceirização inconveniente à realidade do empreendimento ou mal planejada.
A presente pesquisa selecionou uma indústria de baterias automotivas. Tratada no trabalho pelo nome fictício CBAL, que atualmente passa pela situação citada e enfrenta um período de análise das condições empresarias internas e...
tracking img