A utilização de células-tronco no tratamento de doenças degenerativas

CURSO DE ENFERMAGEM


TDE DE GENÉTICA, CITOLOGIA E HISTOLOGIA

“A utilização de células-tronco no tratamento de doenças degenerativas”

Professora Nilda Maria Perez


São Paulo
Maio de2011
As células-tronco, também conhecidas como células-mãe ou células estaminais, são células que possuem a melhor capacidade de se dividir dando origem a células semelhantes às progenitoras, isto é,elas são de diversos tipos e um verdadeiro tesouro, pois podem originar outros tipos de células e promover a cura de diversas doenças como o câncer , o Mal de Alzeimer e cardiopatias. Esse é um assuntocom um foco de dicussão entre cientistas, leigos e políticos.
As células-tronco dos embriões têm ainda a capacidade de se transformar, num processo também conhecido por diferenciação celular, emoutros tecidos do corpo, como ossos, nervos, músculos e sangue. Devido a essa característica, as células-tronco são importantes, principalmente na aplicação terapêutica, sendo potencialmente úteis emterapias de combate a doenças cardiovasculares, neurodegenerativas, diabetes tipo-1, acidentes vasculares cerebrais, doenças hematológicas, traumas na medula espinhal e nefropatias.
O principalobjetivo das pesquisas com células-tronco é usá-las para recuperar tecidos danificados por essas doenças e traumas. São encontradas em células embrionárias e em vários locais do corpo, como no cordãoumbilical, na medula óssea, no sangue, no fígado, na placenta e no líquido amniótico.
As céluas tronco de uma maneira simples, são células primitivas, produzidas durante o desenvolvimento do organismo eque dão origem a outros tipos de células. Existem vários tipos de células-tronco: 1. Totipotentes - podem produzir todas as células embrionárias e extra embrionárias; 2. Pluripotentes - podem produzirtodos os tipos celulares do embrião; 3. Multipotentes - podem produzir células de várias linhagens; 4. Oligopotentes - podem produzir células dentro de uma única linhagem e 5. Unipotentes - produzem...